"Dar as Mãos para Ver"

Qualidade de vida da população rural é responsabilidade de todos.

Photo of Barbara Mangiaterra
6 4

Written by

I confirm that I am fully aware of the eligibility criteria, and based on its description, I am eligible to apply to the CSV Prize 2017.

  • Yes, I'm eligible

Preferred language

  • Portuguese

Organization name

Grupo Agro MG

Year founded

1993

Initiative stage

  • Established (the solution has passed the previous stages and demonstrated success)

Annual budget in 2017 (USD)

  • $1k - $10k

Number of beneficiaries impacted so far

  • 50 - 100

Organization type

  • For-profit

Secondary Focus Area

  • Rural development

Headquarters location: Country

  • Brazil

Headquarters location: City

Pará de Minas

Location(s) of impact

Brasil: Pará de Minas

Website

www.grupoagromg.com.br

Facebook URL

@grupoagro

Problem: What problem is this initiative trying to address?

Atualmente um dos maiores motivos de baixo desempenho dos alunos nas escolas rurais é representado por deficiências visuais que, na maioria dos casos, pode ser corrigida com lentes. A dificuldade de acesso à uma consulta oftalmológica é uma realidade nas populacões rurais. Além disso, existe um déficit de pelo menos 40% no uso correto de EPIs pelos trabalhadores que aplicam agroquímicos. Esse problema está intimamente relacionado aos pequenos produtores, assim como existe uma lacuna na informação e sensibilização.

Solution Summary: What is the proposed solution? What do you see as its most promising aspects for creating shared value?

Parcerias público privadas para trazer oftalmologistas às escolas rurais ou levar as crianças aos consultórios. Parceria com ONG Renovatio para confecção de óculos de baixo custo e justáveis com facilidade. Sensibilizar as crianças para a importância do uso de EPIs para proteção da vida no campo, tanto por serem os futuros aplicadores de defensivo como por serem os principais agentes para a mudança de cultura nas suas famílias. Assim, foram realizadas as consultas de triagem, selecionadas as crianças com problemas de visão corrigíveis por lentes. As receitas foram encaminhadas para a ONG Renovatio, que foi a responsável pela entrega dos óculos. Cada criança recebeu um óculos e um EPI para pulverização, bem como as planilhas que devem ser preenchidas na entrega e a cada lavagem do referido equipamento, e firmaram um compromisso de ensinar aos pais e cobrá-los quanto ao uso. Esse projeto é um piloto para multiplicação em todo o Brasil através de parcerias com distribuidores de insumos.

Impact: What is the impact of the work to date? Specify both the social and the environmental impact of your work

Socialmente a evasão escolar é um problema considerável e há relatos de aumento dessa evasão no Brasil. Os dados do Ministério da Educação mostram que 23% dos casos de evasão escolar são devidos aos problemas de visão. O Instituto Penido Burnier relata que 57% dos estudantes com déficit visual apresentam desatenção, agitação e problemas de aprendizado. O conselho de oftalmologia relata que 3 a 10% das crianças entre 7 e 10 anos precisam de óculos e mais de 80% nunca fizeram uma consulta. Neste contexto, a maioria dos programas relacionados à doação de óculos e oferta de consultas oftalmológicas é feita nas cidades em detrimento do campo. Com relação ao uso de EPIs (Equipamentos de proteção individual) para aplicação de defensivos, em projeto com a parceria da CompartVeg, foi evidenciado que mais de 40% dos produtores não utilizam corretamente esses dispositivos. Aliado ao exposto, as crianças são uma fonte de sensibilização para seus pais eficaz.

Financial sustainability plan: How is this initiative financially supported? How will you ensure its financial sustainability long-term?

A sustentabilidade financeira do projeto depende de contribuições corporativas e deve ser estendido para todas as regiões do Brasil através dos distribuidores e fabricantes de insumos agrícolas.

Unique value proposition: What makes your initiative innovative? How does your project differ from other organizations working in the same field?

Une melhoria da qualidade de vida das crianças que vivem no campo e cuidado com a vida dos trabalhadores rurais de hoje e amanhã. A maior parte das iniciativas no Brasil quanto à oferta de consultas e óculos para crianças está focadas na área urbana, enquanto o foco do projeto é na área rural. Não temos iniciativas desta natureza a partir de empresas de nosso segmento,

Founding story: Share a story about the "Aha!" moment that sparked the beginning of this initiative.

Discutindo diversas ações de sustentabilidade no campo e buscando entender todos os atores, nos deparamos com a criança como veículo de conscientização. Começamos então a pensar na vida daquelas crianças do meio rural e, através de pesquisas, entendemos que a questão oftalmológica era um dos principais fatores para o baixo desempenho escolar. Era nossa intensão trabalhar com a formação dos futuros agricultores mas como podíamos fazer isso em um contexto onde tantos não tem acesso a um óculos para ver e aprender melhor. Conhecemos a ONG Renovatio e suas histórias comoventes sobre pessoas que recebiam os óculos. Então decidimos unir as duas questões supracitadas e criar o projeto "Dar as mãos para ver".

Where did you hear about the Nestlé Creating Shared Value Prize?

  • Social media

6 comments

Join the conversation:

Comment
Photo of Najla Almeida

parabéns pelo belíssimo trabalho Bárbara, importante achar a causa para tratar o problema. Espero que consiga êxito no seu projeto.

Photo of Barbara Mangiaterra

Muito obrigada Najla! Você tem toda razão e creio haver uma complexidade enorme na definição da causa, envolvendo diversos atores da cadeia.

Photo of Edivan Silva de Carvalho

Parabén pelo belissimo, diferenciado e importante projeto. Adorei a proposta!

Photo of Barbara Mangiaterra

Muito obrigada Edivan! Caminho árduo mas muito gratificante.

Photo of Mouhamadou Moustapha Seck

Com a minha humilde contribuição, acho que o teu trabalho veicula uma mensagem muito nobre, mas há de levar que o principal problema reside no fato de não encontrar muitos médicos querendo se instalar em meio rural. Uma das primeiras coisas a ser feita seria a sensibilização dos médicos para aceitem se deslocar em meios rurais afim de cuidar das pessoas lá no campo sabendo que muitos não têm condições de se deslocar até as cidades e pagar uma consulta. Adorei o teu trabalho que acho que seria ainda mais impactante se se aplicasse primeiramente na tua região até dar frutos e depois com certeza o modelo serviria de piloto para se espalhar no Brasil inteira e porque não no mundo inteiro. Parabéns pelo trabalho.

Photo of Barbara Mangiaterra

Boa noite Mouhamadou! Agradeço imensamente seu comentário. O ponto abordado, em ralação aos médicos, e ao estímulo para que os mesmos se instalem no meio rural é de suma relevância. Certamente o maios desafio encontrado em nosso projeto piloto foi a parceria com o setor público para que as crianças do meio rural pudessem passar pelas consultas oftalmológicas. Acredito que esse modelo de parceria, no Brasil, seja viável e para extrapolação do modelo podemos buscar parcerias com instituições que deslocam médicos no contexto de ajuda humanitária. Um projeto que estimule médicos a atuar na área rural é uma solução que trata a causa raiz do problema e vejo uma excelente oportunidade em desenhar algo no Brasil já que temos trabalhos voltados para agricultura familiar e acesso através de distribuidores de insumos com grande capilaridade. Muito obrigada!