SPEAK

Junta pessoas recém-chegadas e locais, a viver na mesma cidade através de grupos de línguas e eventos de intercâmbio cultural

Photo of User 25<25
1 1

Written by

A que faixa etária pertences?

  • Tenho entre 18 e 25 anos

Lista de verificação de elegibilidade

  • Na Ashoka, definimos agente de mudança como qualquer pessoa que se põe em acção para responder a um determinado problema, activa outros, e trabalha no sentido de encontrar soluções para o bem de todos. Se te consideras um(a) jovem agente de mudança assinala esta caixa.
  • Terás entre os 13 e os 25 anos em 7 de Outubro de 2020.
  • A tua ideia será implementada em território português.
  • Confirma que dás o teu consentimento para que possamos dar visibilidade ao teu projeto e percurso neste desafio, nas redes sociais.
  • Confirma que tens o direito de usar ou partilhar qualquer conteúdo que tenhas colocado neste formulário de candidatura.

Em que projeto das Academias Gulbenkian do Conhecimento estás a participar?

  • ASSOCIAÇÃO TREETREE2

Qual o mês e ano em que nasceste?

Set-1998

Com que género te identificas?

  • Masculino

Website ou perfis de redes sociais

https://www.facebook.com/eu.speak

Nas próximas nove perguntas irás apresentar a tua Ideia Criativa e Transformadora! 1. O Problema: Qual o problema que estás a contribuir para resolver?

A mudança para uma nova cidade pode ser difícil e pode levar pessoas recém-chegadas a sentirem-se isoladas. O problema é a exclusão social de migrantes e refugiados. Há 12 milhões de pessoas . Barreira linguística e falta de rede social. Desde o estrangeiro que vem estudar no programa Erasmus, até aos refugiados que chegam sem qualquer rede. Após 12 semanas, os participantes quebram as principais barreiras que levam ao isolamento social.

2. Motivação: O que te motivou a querer resolver este problema?

Ajudar no processo de integração. O que mais me motivou foi ter, eu próprio passado por esta experiência quando fui estudar, mas também a minha história familiar. A minha avó paterna foi expulsa do seu país de origem por razões religioasasa, avô paterno saiu de Portugal por razões económicas e para garantir iportunidades de educação par aos que se seguiam.

3. A tua Solução: Como é que estás a planear resolver este problema?

Principais actividades: sessões de línguas e eventos

É Projeto de comunidade: os participantes não se sentem como beneficiários a serem ajudados, mas como empoderadores e facilitadores - dão as aulas, organizam os eventos culturais. 

São os participantes os os changemakers

Modelo de Franchise social: tão simples e fácil de replicar, e que permite criar o seu próprio posto de trabalho

Envolver os locais que não acolhem apenas, mas participam e aprendem com o migrante/refugiado, levando à aceitação da diversidade

4. O Factor X: O que é que a tua ideia tem de diferente, em relação a outros programas ou soluções que já existem?

São os participantes os os changemakers, que ao mesmo tempo que se sentem valorizados e empoderados, ganham ferramentas para ultrapassar as barreiras da língua e falta de rede social no local para onde emigraram

5. Vais trabalhar em equipa? Se sim, coloca o nome e email dos restantes membros na linha em branco.

  • Sim
  • Não

6.1. Em que distrito resides?

  • Distrito de Lisboa

6.2 E em que cidade, vila ou aldeia resides?

Miraflores

7.1. Onde esperas implementar o projeto?

  • Distrito de Lisboa

7.2. Em que aldeia, vila ou cidade pretendes implementar o projeto? Porquê aí?

Miraflores

8. Impacto esperado: qual a mudança que esperas que a tua ideia provoque nas pessoas que vai servir?

Espero conseguir ajudar que cada migrante consiga ultrapassar as barreiras que impedem a sua integração. Entram todos os anos em Lisboa cerca de 100 000 migrantes (entre os quais refugiados), proponho-me a apoiar os que entram na comunidade de Miraflores, e a envolver a própria comunidade para que nesta troca cultura, possamos garantir a coesão social da comunidade de forma positiva para todos

9.1. No último ano, fizeste algo para responder a um problema social ou ambiental, no teu contexto?

  • Sim

9.2. Qual das seguintes afirmações descreve melhor o tipo de iniciativa que tiveste?

  • Apoiei uma campanha ou movimento, já existente, de outra pessoa, ou reagi diretamente ao problema perto de mim. Exemplos: Assinei uma petição, juntei-me a um protesto ou manifestação, ensinei a língua local a refugiados, fiz voluntariado numa casa de acolhimento para sem-abrigo, doei comida/roupa aos sem-abrigo, etc.
  • Trouxe uma ideia ou movimento que já existia para a minha família, comunidade, escola ou empresa. Exemplos: Encorajei amigos/família a começar a reciclar, instalei baldes do lixo para reciclagem na comunidade local, comecei um clube para ensinar raparigas a escrever código no computador, liderei campanhas para informar eleitores, organizei um workshop ou evento comunitário sobre um tema que me preocupa/move, etc.

9.3. Estás a apoiar outros a serem agentes de mudança de alguma das formas aqui descritas?

  • Dando formação
  • Dando oportunidades de voluntariado

Find this idea inspiring? Add your own!

1 comment

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Teresa Seabra Seabra Pereira
Team

Que boa ideia!