Eco-PONTOS

O ponto de encontro entre o mercado ecológico e a sustentabilidade ambiental.

Photo of Gonçalo Faria
14 44

Written by

A que faixa etária pertences?

  • Tenho entre 18 e 25 anos

Termos e Condições Desafio Gulbenkian 25 sub 25

  • Sim, li e estou de acordo

Lista de verificação de elegibilidade

  • Na Ashoka, definimos agente de mudança como qualquer pessoa que se põe em acção para responder a um determinado problema, activa outros, e trabalha no sentido de encontrar soluções para o bem de todos. Se te consideras um(a) jovem agente de mudança assinala esta caixa.
  • Terás entre os 13 e os 25 anos em 7 de Outubro de 2020.
  • A tua ideia será implementada em território português.
  • Confirma que dás o teu consentimento para que possamos dar visibilidade ao teu projeto e percurso neste desafio, nas redes sociais.
  • Confirma que tens o direito de usar ou partilhar qualquer conteúdo que tenhas colocado neste formulário de candidatura.
  • Se tens menos de 18 anos, confirma que tens autorização dos teus pais ou encarregados de educação para participar neste desafio, através do formulário enviado por email, assinado.

Em que projeto das Academias Gulbenkian do Conhecimento estás a participar?

  • ASSOCIAÇÃO UNIVERSIDADE -TECMINHO - B-Side

Qual o mês e ano em que nasceste?

Abr-1997

Com que género te identificas?

  • Masculino

Website ou perfis de redes sociais

https://www.linkedin.com/in/goncalomrfaria/

Nas próximas nove perguntas irás apresentar a tua Ideia Criativa e Transformadora! 1. O Problema: Qual o problema que estás a contribuir para resolver?

Segundo a WWF, Portugal consome anualmente 721 milhões de garrafas de plástico; 259 milhões de copos de café descartáveis; mil milhões de palhinhas; 40 milhões de embalagens de descartáveis.

Um estudo da Católica SBE afirma que, se dependesse apenas da vontade dos portugueses — sem olhar a preço ou disponibilidade — 65% consumiriam exclusivamente alimentos biológicos.

O problema que pretendemos combater é o desperdício de resíduos, que é agravado pelo baixo consumo de produtos ecológicos.

2. Motivação: O que te motivou a querer resolver este problema?

Durante a minha infância, cresci a ver os programas da BBC vida selvagem. Hoje, muitas das espécies que cresci a ver pelo “pequeno ecrã” já se encontram extintas. Muitos dos glaciares que outrora foram filmados já não existem. Os recifes de coral, que constituem uma riqueza marinha imensurável, vão desaparecendo. Várias espécies marinhas morrem devido à ingestão dos plásticos que acabam no oceano. Com o aumento da poluição ambiental, destroem-se ecossistemas com danos irreversíveis para o planeta.

À medida que chegava à minha idade adulta, comecei a ter cada vez mais consciência dos graves problemas ambientais que enfrentamos. Recentemente, vi o documentário de David Attenborough – “A life in our planet” que arrepia qualquer um que o assista, expondo a nu os impactos severos que a poluição gera nos ecossistemas. Apesar da situação ser grave, este testemunho dá o mote para a mudança e mostra que ainda é possível reverter esta situação.

Como jovem transformador, acredito que só com uma mudança de comportamento e de paradigma, reduzindo o desperdício, será possível construir um mundo mais ecológico, equilibrado e sustentável.

3. A tua Solução: Como é que estás a planear resolver este problema?

O projeto “Eco-PONTOS” pretende ser a ponte entre a comunidade ambientalista e o mercado sustentável e será o PONTO de referência para todo o movimento ecológico, estimulando o ativismo e associativismo ambiental e incentivando a compra de produtos sustentáveis.

Faremos parcerias entre associações ecologistas e marcas com produtos sustentáveis, divulgando várias iniciativas ambientais e criando um sistema que faça com que todos os participantes destas iniciativas “green-actions” usufruam de descontos diretos em produtos ecológicos. Estes descontos permitirão agregar mais pessoas ao movimento ecológico, que serão mobilizadas graças ao sistema de descontos em produtos.

Este sistema será concretizado através de uma aplicação móvel e de um website que permitirão ao participantes ter acesso a uma base de dados que englobará as marcas com produtos sustentáveis e as associações ambientalistas mais próximas do seu local de residência. 

Através de um sistema em parceria com as várias entidades envolvidas no processo, por cada iniciativa numa das nossas associações parceiras, o participante acumulará “Eco-PONTOS” que darão descontos para compra de produtos ecológicos.

4. O Factor X: O que é que a tua ideia tem de diferente, em relação a outros programas ou soluções que já existem?

Não existe até à data uma plataforma que interligue diretamente as associações ambientais com o mercado de produtos ecológicos. É exatamente aqui que pretendemos marcar a diferença. Focar-nos-emos numa primeira fase nas associações ambientais pois estas terão capacidade de impulsionar o projeto, uma vez que são constituídas maioritariamente por pessoas sensibilizadas para a causa ambiental. Cada indivíduo será um agente de ação que ganhará “Eco-PONTOS” sempre que agir em prol do ambiente. Esses pontos serão revertidos em descontos em produtos sustentáveis, estimulando este mercado.

5. Vais trabalhar em equipa? Se sim, coloca o nome e email dos restantes membros na linha em branco.

  • Sim

6.1. Em que distrito resides?

  • Distrito de Braga

6.2 E em que cidade, vila ou aldeia resides?

Vila Nova de Famalicão

7.1. Onde esperas implementar o projeto?

  • Distrito de Braga

7.2. Em que aldeia, vila ou cidade pretendes implementar o projeto? Porquê aí?

Pretendemos implementar este projeto no distrito de Braga. Este distrito está em clara expansão, constitui uma fonte exportadora para o país e gera uma elevada receita económica. Contudo, associados a estes dados advêm problemas como a poluição, bem visível nas margens do Rio Cávado, e em alguns pontos do litoral. O caráter empreendedor deste distrito faz com que exista um investimento no mercado de produtos ecológicos, além de existirem várias associações ambientalistas. É necessário fazer a ponte entre estes dois sistemas, potenciando o comércio sustentável e o ativismo ambiental.

8. Impacto esperado: qual a mudança que esperas que a tua ideia provoque nas pessoas que vai servir?

Com esta ideia, levaremos mais jovens até ao associativismo ambiental, contribuindo para promover ações ambientais e unindo-os em torno da sustentabilidade ambiental.

Por outro lado, esta ideia incentivará o comércio de produtos ecológicos e sustentáveis através do sistema “EcoPONTOS”, que não só estimulará a venda destes produtos, como os divulgará à comunidade.

Este projeto conseguirá agregar mais jovens em torno da sustentabilidade ambiental e potenciará um crescimento económico no comércio de produtos sustentáveis.

9.1. No último ano, fizeste algo para responder a um problema social ou ambiental, no teu contexto?

  • Sim

9.2. Qual das seguintes afirmações descreve melhor o tipo de iniciativa que tiveste?

  • Apoiei uma campanha ou movimento, já existente, de outra pessoa, ou reagi diretamente ao problema perto de mim. Exemplos: Assinei uma petição, juntei-me a um protesto ou manifestação, ensinei a língua local a refugiados, fiz voluntariado numa casa de acolhimento para sem-abrigo, doei comida/roupa aos sem-abrigo, etc.
  • Trouxe uma ideia ou movimento que já existia para a minha família, comunidade, escola ou empresa. Exemplos: Encorajei amigos/família a começar a reciclar, instalei baldes do lixo para reciclagem na comunidade local, comecei um clube para ensinar raparigas a escrever código no computador, liderei campanhas para informar eleitores, organizei um workshop ou evento comunitário sobre um tema que me preocupa/move, etc.

9.3. Estás a apoiar outros a serem agentes de mudança de alguma das formas aqui descritas?

  • Juntando pessoas
  • Sensibilização de agentes políticos
  • Financiando iniciativas

10. Se um amigo ou colega te motivou a participar, escreve aqui o seu nome e email.

Felicidade Barros: felicidade.barros.8@gmail.com; Carolina Pereira: carolina.r.pereira98@gmail.com; Catarina Gomez: catarinagomez01@gmail.com; José Dias: joscarlosdias1@gmail.com Joana: joanavelosofernandes315@gmail.com; Marina: marinaouteiro18@gmail.com; José Pedro: zepedro97f@gmail.com; Cátia: catiamagalhaes8@gmail.com; Paulo Silva: paulo.silva.g@gmail.com

11. Edição de Ideias // Definição de Pressupostos

12. Edição Ideias // Plano para de Ação para Validação de Pressupostos

14 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Marta Santos
Team

Penso que é uma ótima ideia, no entanto, na sociedade atual, o mercado sustentável é visto como muito caro... Quais são as medidas para combater isso?

View all comments