Associação dos Informantes do Turismo Pedagógico de Penedo (AITPP): Educação Patrimonial e empoderamento em tempos de pandemia

Proposta de desenvolvimento do Turismo Pedagógico em Alagoas como alternativa para sustentabilidade do setor diante da crise da COVID-19

Photo of Silvana Pirillo Ramos
2 12

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Profª Drª Silvana Pirillo Ramos

E-mail

silvanapirillo@uol.com.br

Nacionalidade

Brasileira

Gênero

  • Feminino

Data de Nascimento

19041970

Sede da organização (UF)

  • Alagoas

Site da organização

ainda não tem site

Mídias sociais da organização

https://www.facebook.com/aitpppenedo

Data em que você iniciou o projeto

março/2013

Estágio do projeto

  • Em expansão (expandindo o impacto para muitos lugares novos ou de várias maneiras novas)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

A AITPP origina-se de um projeto que desenvolvi na UFAL em Penedo, município com baixo IDHM, tombado pelo IPHAN, com potencial para turismo cultural, mas sem fluxo turístico efetivo. Hoje temos o produto “turismo pedagógico” estruturado e vários grupos são recebidos com estratégias de intepretação do patrimônio que envolvem arte, literatura, música, dramatização. Os informantes de turismo se organizaram enquanto educadores promovendo educação patrimonial e ambiental nas escolas. A AITPP foi idealizada para ser um piloto para o desenvolvimento do turismo Pedagógico em Alagoas com proposta de ser replicada para outros locais. Com a crise da COVID 19, a diminuição do fluxo de turistas, inviabilização de viagens longas, o Turismo pedagógico torna-se alternativa. O momento é de expansão, replicação da prática com planejamento e desenvolvimento do Turismo Pedagógico. A meta é sensibilizar e mobilizar os informantes turísticos de Alagoas que estão desprovidos de alternativas diante da crise.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

A proposta do “Turismo Pedagógico” para Penedo objetivou aumentar o fluxo de visitantes nos atrativos culturais subaproveitados, em um Estado que prioriza roteiros de sol e praia. A formação da AITPP responde as necessidades de geração de emprego e renda para guias e informantes e de capacitação para desenvolver um trabalho diferenciado com turismo pedagógico envolvendo toda a cadeia produtiva, promovendo ações de educação patrimonial e ambiental em um cenário de miséria e analfabetismo.

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

A crise da COVID 19 inviabilizou as viagens de longa distância e provocou diminuição do fluxo de turistas, tornando necessário reinventar o turismo para um público doméstico. A “reinvenção” tem sido um problema para o setor, sendo o desenvolvimento do Turismo Pedagógico apontado como alternativa pro diversas pesquisas. Nesse sentido, a proposta é de ampliação das ações da AITPP, tornando-a agente replicador e multiplicador de sua própria prática. Seriam ministradas pela AITPP, em parceria com pesquisadores e educadores da área ,capacitações com palestras e oficinas para guias e informantes de turismo de municípios com potencial para turismo cultural, a fim de sensibiliza-los e mobilizá-los para que se organizem em associações e sejam agentes do processo de planejamento e desenvolvimento de roteiros turísticos alternativos de intepretação do patrimônio que possam proporcionar educação patrimonial e ambiental.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

Associação dos Informantes do Turismo Pedagógico de Penedo (AITPP): Educação Patrimonial e empoderamento em tempos de pandemia.

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

A rotina da AITPP envolve contato com as escolas e planejamento prévio, conjunto com os professores, dos objetivos e conteúdos que serão abordados na visita; a recepção dos alunos e professores, a execução dos roteiros com estratégias diversas de música, dramatização, literatura, arte, etc. e promoção de atividades, sempre adequadas ao perfil do público, que permitam interação e dinamizem o aspecto didático pedagógico. Para a viabilização dos roteiros, a AITPP estabelece parcerias com restaurantes, meios de hospedagem e barqueiros. Há ainda um amplo trabalho de planejamento interpretativo dos roteiros que envolve contato com a população local, muitas vezes inserindo contadores de história, moradores antigos, artistas e artesãos. Na rotina da AITPP está incluída a divulgação dos roteiros, com a promoção de palestras e oficinas de educação patrimonial e ambiental nas escolas e a prática da avaliação ao final de cada roteiro executado com reuniões periódicas de auto avaliação.

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

O turismo é um dos setores mais impactados pela crise da Covid 19 e vive o desafio de adequar-se ao cenário do “novo normal”, com a redução das viagens de longa distância e a tendência ao turismo doméstico. Nesse sentido o turismo pedagógico desponta como alternativa em diferentes localidades a ser desenvolvido com pequenos grupos, com deslocamentos mais curtos e de forma orientada, tendo como público alvo a comunidade acadêmica. Tendo em vista que maioria dos informantes de turismo são egressos de cursos com formação generalista, há uma carência de capacitação para planejar e desenvolver o turismo pedagógico, que demanda habilidades e competências muito específicas requerendo conhecimentos multidisciplinares e posturas de intervenção na realidade como um educador social. Nesse sentido e proposta de inovação consiste na promoção de palestras e oficinas de capacitação para os informantes e guias de turismo, ressignificando a prática da AITPP de forma multiplicadora, na tentativa de formar outras associações de Turismo Pedagógico em Alagoas , que possam, por vezes, se multiplicarem de forma autônoma e sustentável. A proposta tem como diferencial o empenho na promoção do reconhecimento do patrimônio cultural, resgate do pertencimento e da cidadania, comprometimento com a educação patrimonial e ambiental e incentivo ao empreendedorismo, organização e mobilização do setor turístico.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Cultural - iniciativas que valorizem as identidades e culturas locais, a preservação das histórias e os saberes tradicionais.  
  • Ambiental - iniciativas que reduzam o impacto ambiental, que ofereçam soluções de compensação, que cuidem da conservação e do uso de recursos naturais, que se proponham a regenerar áreas degradadas e que promovam educação e sensibilização ambiental.     
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Os pilares social, cultural e ambiental são contemplados pelas características do tipo de turismo desenvolvido sendo que, por meio do turismo pedagógico é possível aprender e apreender a realidade de forma lúdica, aprazível e envolvente, transformar esse aprendizado em um novo olhar sobre as coisas, instigar atitudes com relação ao meio e as relações cotidianas, discutir o significado de ser turista e suas interferências na localidade , educar pelo e para o turismo. A população local, por sua vez, se beneficia desse tipo de turismo porque ele a convida para o reconhecimento e a interpretação de seu patrimônio e demanda organização e mobilização para um planejamento participativo. A população passa a ter total controle sobre o desenvolvimento da atividade turística, possibilitando a minimização de eventuais impactos negativos e promovendo um turismo sustentável.Apenas a restauração e a conservação do patrimônio cultural são elementos insuficientes para a gestão de uma localidade turística, que precisa desenvolver um plano interpretativo gerando produtos inovadores que se ajustem as demandas dos turistas com motivações culturais, desejosos por conhecimentos, vivências e experiências diversificadas. Quanto ao pilar econômico o projeto, além de gerar um fluxo de turistas em Penedo, proporcionou qualificação profissional e empoderamento e geração de emprego e renda para os informantes e guias de turismo e dinamizou a cadeia produtiva do turismo.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

O projeto promoveu a capacitação dos informantes de turismo para o planejamento e desenvolvimento de itinerários culturais e a compreensão das peculiaridades de um turismo pedagógico, subsidiando-os com um referencial teórico metodológico, palestras e cursos de capacitação. Por meio das atividades desenvolvidas houve a sensibilização da comunidade acadêmica, do poder público e da sociedade civil para a importância do turismo para a economia do município de Penedo e seu potencial para o trabalho com o turismo cultural. A sensibilização e mobilização dos informantes de turismo envolvidos no projeto foi um dos principais resultados obtidos que proporcionou a formação da Associação dos Informantes de Turismo Pedagógico de Penedo(AITPP). A organização da AITPP permitiu o reconhecimento e o empoderamento da categoria, atribuindo aos Informantes de Turismo uma identidade profissional e possibilitando a geração de renda. A AITPP nasceu comprometida com a comunidade, integrada com as escolas da região promovendo o Turismo Pedagógico como instrumento fundamental para a realização da Educação Patrimonial no município de Penedo.

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

Considerando o cenário pós Covid-19, no qual as viagens passarão a ser de curta distância e o setor turístico precisara se reinventar, ressignificando a experiencia proporcionada ao turista, AITPP pretende se expandir como multiplicadora do turismo pedagógico, considerando-o como alternativa para geração de emprego e renda e para dinamização do setor que se encontra impactado. Dessa forma a proposta é de capacitação de guias e informantes turísticos de municípios alagoanos que tem o potencial para desenvolver o turismo cultural, a fim de que se sensibilizem, planejem conjuntamente, e mobilizem a comunidade, a cadeia produtiva do turismo e, principalmente, se organizem, formando outras associações. A meta é replicar a AITPP,no que se refere a prática de educação ambiental e patrimonial e também de organização enquanto categoria promovendo o empoderamento de trabalhadores do setor turístico. Para tanto estamos em busca de parcerias com governos, Ongs, e editais de agências de fomento

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

A AITPP nasce de uma projeto de pesquisa ação participante sob minha coordenação e hoje seguimos juntos em permanente cooperação para o crescimento do projeto, com apoio da Universidade Federal de Alagoas e o Curso de Graduação em Turismo.Inicialmente o projeto foi fomentado pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas (FAPEAL), com apoio também do SEBRAE-Al e parceria breve da Prefeitura Municipal de Penedo, que cessou por questões políticas. No momento busca-se parcerias com as secretarias de turismo e educação tanto do estado de Alagoas como dos municípios, a fim de integrar o turismo pedagógico nas atividades curriculares das escolas, como elemento promotor de educação patrimonial e ambiental.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

O turismo Pedagógico é instrumento significativo para a promoção da educação patrimonial, aqui compreendida como uma educação que subsidia atitudes diante dos bens naturais e culturais, criando condições para que as percepções de toda esta imbricada rede de interesses que cercam o fenômeno da patrimonialização dos bens, transforme –se em atitudes com relação a preservação e conservação do patrimônio As atividades educativas conduzem os visitantes a se preocuparem com questões que envolvem a sustentabilidade e desenvolverem relações de pertencimento. Além dos visitantes, entre os envolvidos no projeto está a população local, para quem o turismo pedagógico também significa uma oportunidade de valorização de sua cultura, sendo que seus saberes e fazeres são elementos centrais na construção dos atrativos culturais, promovendo ampliação da capacidade de observação e percepção da realidade, assim como demandando participação no processo de construção e gestão do turismo.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Mentores / conselheiros
  • Apoio do Programa de Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Alagoas e de Agencias de Fomento

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

A AITPP é autossustentável. As palestras e oficinas que promove nas escolas se constituem em trabalho voluntário, mas recebe pela execução dos roteiros de turismo pedagógico. Em 2020 as atividades estão suspensas em função da Pandemia de Covid-19 e do fechamento das escolas. Para médio prazo o planejamento orçamentário para desenvolvimento do projeto envolve 100% captação de recursos dos governos estadual e municipal e de editais de agências de fomento.

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento menor que R$1.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • acima de R$ 50.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

A equipe é composta por 05 pessoas, sendo 03 Bacharéis em Turismo (um com mestrado em Ciências Sociais) e 02 informantes de turismo com nível médio. Não há uma divisão de papéis. Todos participam em todas as etapas do trabalho desde o planejamento dos roteiros a sensibilização, mobilização da comunidade e do trade turístico, a visita as escolas com oficinas de educação patrimonial e ambiental, promoção e divulgação do trabalho. Todos executam os roteiros, fazendo dramatizações, envolvendo literatura, poesia, tocam instrumentos e compõe músicas, paródias, repentes, etc. Como o projeto metodologicamente, se constitui por uma pesquisa ação participante, que pressupõe interação e intervenção direta na realidade, acredito que no futuro , com a possibilidade de trabalhar com o desafio da crise da Covid -19, a AITPP se fortalecerá na condição de modelo de organização do setor turístico e a equipe passara por um processo de empoderamento significativo.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

A equipe se constitui por três mulheres e dois homens na faixa etária entre 23 e 28 anos. Todos foram beneficiários na Universidade e nos Cursos do Pronatec de "bolsa permanência" caracterizando-se como estudantes em situação de vulnerabilidade social.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Comunidade de pessoas com deficiência
  • Minorias étnicas
  • Comunidade negra
  • Comunidade de baixa renda
  • Comunidade LGBTQIA+
  • Comunidade rural
  • Comunidade periférica
  • Comunidade indígena
  • Comunidade quilombola
  • Outra Comunidade Tradicional

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

Todos os públicos indicados na questão anterior se enquadram na prática do turismo pedagógico ora como visitantes ora como visitados. A AITPP tem um banco de roteiros interpretativos desenvolvidos que trabalham questões relacionadas com esses públicos a exemplo dos roteiro intitulados “Presença negra em Penedo”e "As Margens do Esquecimento". Importante observar que ,entre os roteiros desenvolvidos para o turismo pedagógico está a visita a Comunidade quilombola de Pixaim no município vizinho de Piaçabuçu, que se encontra dentro da APA [Área de Proteção Ambiental] e é indicada como zona de turismo socioambiental comunitário

16) Como você soube desse desafio?

  • E-mail

Evaluation results

10 evaluations so far

1. IMPACTO: Esta iniciativa demonstra impacto relevante, e com evidências quantitativas e qualitativas?

Com toda certeza. - 30%

Sim, há evidências quantitativas e qualitativas de seu impacto na comunidade. - 30%

De forma parcial. - 30%

Não, há pouca evidência de resultados de impacto. - 0%

Não. - 10%

2. INOVAÇÃO: Esta iniciativa desenvolveu e implementou uma abordagem inovadora?

Com toda certeza. - 20%

Sim, tem características inovadoras. - 50%

De forma parcial. - 20%

Não, há pouca evidência demonstrada. - 0%

Não. - 10%

3. PLANEJAMENTO FINANCEIRO E OPERACIONAL: A iniciativa tem como base um modelo de negócio viável e mostra planos realistas de longo prazo para a sustentabilidade financeira?

Com toda certeza. - 10%

Sim, a iniciativa tem um bom modelo de negócio. - 30%

De forma parcial. - 40%

Insuficiente. - 10%

Não. - 10%

4. REPLICABILIDADE & CRESCIMENTO: Avalie a escalabilidade da iniciativa. Ela tem potencial de ser replicada em outros contextos sociais, culturais e/ou geográficos?

Com toda certeza. - 10%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 70%

De forma parcial. - 10%

Insuficiente. - 0%

Não. - 10%

5. AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO: Uma/um agente de transformação social é alguém que se propõem a lidar e encontrar soluções coletivas para o bem de uma comunidade, um grupo, uma localidade. Queremos saber: essa iniciativa ajuda a inspirar e apoiar outras pessoas a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades?

Com toda certeza. - 30%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 40%

De forma parcial. - 10%

Insuficiente. - 10%

Não. - 10%

6. DIVERSIDADE: Esta iniciativa demonstra a inclusão de públicos diversos em sua iniciativa, seja nos parceiros com os quais colabora e/ou na composição de sua equipe?

Com toda certeza. - 10%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 50%

De forma parcial. - 10%

Insuficiente. - 20%

Não. - 10%

7. AVALIAÇÃO GERAL: De forma geral, você considera que esta iniciativa deve avançar para a próxima fase do Desafio e se tornar um semifinalista?

Sim, com toda a certeza! - 33.3%

Sim, acredito que sim. - 33.3%

Talvez. - 22.2%

Provavelmente não. - 0%

Não. - 11.1%

2 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of ASCOMA Associação Comunitária Matarandiba
Team

Parabéns pela sua iniciativa, gostamos muito de conhecer e desejamos sucesso!
Vamos nos aproximar e interagir, podemos apresentar as nossas ações em REDE em prol do Turismo Comunitário baiano. Seja parceria presencial ou virtual, estamos abertos. Rede BATUC - Turismo Comunitário da Bahia https://www.facebook.com/pages/category/Community-Organization/Turismo-Comunit%C3%A1rio-Bahia-890045641065191/
http://turismoporummundomelhor.blogspot.com/?m=1

View all comments