Costão Vivo

Costão vivo visa a conservação do ambiente marinho em Ubatuba/SP através de boas práticas do ecoturismo e educação ambiental.

Photo of Patricia Ribeiro
10 23

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Patricia Bianca Ribeiro

E-mail

pbr.ribeiro@gmail.com

Nacionalidade

Brasileira

Gênero

  • Feminino

Data de Nascimento

28091993

Sede da organização (UF)

  • São Paulo

Site da organização

www.manamarambiental.com

Mídias sociais da organização

https://www.instagram.com/manamarambiental/

Data em que você iniciou o projeto

Dezembro / 2018

Estágio do projeto

  • Em crescimento (passaram das primeiras atividades; trabalhando para o próximo nível de expansão)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

Patricia geradora do projeto é oceanógrafa de formação e atua em viagens pedagógicas. Essas viagens porém são de março a novembro, o que proporcionava um tempo ocioso considerável de 3 meses durante o verão. Então decidiu unir sua paixão pessoal por aventuras com sua área de formação de oceanografia para tentar colocar um produto a venda: trilha subaquática. Baseada em um antigo estágio realizado com o grupo ecosteiros do IB-USP que realiza essa atividade no Parque Estadual Ilha Anchieta. Nesse percurso encontrou um ótimo lugar: Piscina natural da Praia da Fortaleza em Ubatuba/SP. Porém o local estava sendo visitado com um turismo degradante. Incomodada com a situação, encontrou pessoas na comunidade local também preocupadas. Todos resolveram se unir em prol de melhorar o espaço e o projeto começa a ser discutido.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

A praia da Fortaleza enfrenta um turismo desordenado, problemas com lixo e degradação ambiental. Esse problema existe em todo o mundo e resolvê-lo é importante para manter nossa existência como espécie na terra. A praia da fortaleza sendo a última da estrada proporciona que esses problemas fiquem ainda mais claros, pois a coleta seletiva é deficiente, a degradação ambiental e perda de biodiversidade marinha por conta do turismo é contada pelos moradores locais.

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

O projeto propõe atividades que auxiliam no combate direto aos problemas, propondo por meio de um conjunto de atividades tendo como pilar o mergulho, um novo olhar para o atrativo, estimulando boas práticas de turismo que incentivam a conservação do ambiente, com vivências que permitem conhecer o ecossistema e compreender de forma prática, lúdica e divertida, proporcionando a sensibilização do visitante e do agente local, gerando benefícios ecológicos, econômicos e sociais.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

Costão Vivo inovada ao oferecer uma forma segura e saudável de conhecer o mar e os animais marinhos que o habitam. Estimulando uma relação entre pessoas e natureza mais profunda. A atividade movimenta a economia da praia e favorece o local ao auxiliar o ordenamento turístico.

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

Abordagem aos turistas para a sensibilização ambiental e mergulho guiado (trilha sub aquática).

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

A iniciativa é inovadora ao promover educação sobre o mar de uma forma direta e lúdica tendo a experiência do mergulho como elo de conexão entre o visitante e o ambiente, permitindo que se crie uma experiência ímpar e inovadora. Sem impactos negativos ao ambiente ou aos animais. A boa prática gerada por uma visitação orientada contribui gradativamente no ordenamento turístico e na conservação do ecossistema. Este modelo de mergulho livre guiado veio do grupo Ecosteiros do IB-USP que trás essa atividade anualmente para o Parque Estadual Ilha Anchieta (PEIA-PESM), localizado na mesma cidade. A inovação é tentar viabilizá-lo economicamente como iniciativa de turismo responsável e sendo inspiração para mais ações que unem turismo e conservação de forma positiva. Outras iniciativas não promovem uma observação mais atenta dos animais, não são inclusivas e não tem preocupação em diminuir seus impactos negativos. Consequentemente não atingindo conscientização ou sensibilização ambiental de forma transformadora e ativa como o projeto se propõe.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Ambiental - iniciativas que reduzam o impacto ambiental, que ofereçam soluções de compensação, que cuidem da conservação e do uso de recursos naturais, que se proponham a regenerar áreas degradadas e que promovam educação e sensibilização ambiental.     
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Nosso projeto cuida do meio ambiente, promove sensibilização ambiental e educação ambiental. E trás benefícios econômicos ao manter um local antes degradado. Social O projeto propõe a inclusão da comunidade da praia da Fortaleza, moradores tradicionais de origem caiçara que possuem relação afetiva com o atrativo. Os moradores se beneficiam do turismo por meio de ofertas de serviços de alimentação, passeios, estacionamentos e outros associados a economia do turismo. O fruto do ordenamento da visitação no atrativo impacta de forma positiva e direta a vida dessa comunidade. Ambiental O mergulho guiado permite que o visitante descubra uma nova forma de olhar o mar e tudo que nele vive. Sensibilizando o visitante a adotar boas práticas de fazer turismo, tendo os princípios de mínimo impacto como norteadores da sua conduta e que contribuem de forma direta para a conservação efetiva do ecossistema visitado, gerando uma relação de proteção e ganhos ambientais. Economico O ordenamento do turismo no atrativo tem efeito direto na economia local. Protagonizada em primeiro plano pela comunidade local e de forma gradual e expansiva com o município de Ubatuba, que ganha um atrativo organizado e capaz de atrair visitantes que consomem além dos serviços locais da comunidade. Serviços da rede hoteleira, gastronômica, passeios e demais associados a economia do turismo podem ser positivamente afetados pelo desenvolvimento do projeto na praia da Fortaleza.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

Desde o início das atividades o projeto já sensibilizou visitantes que praticaram o mergulho, trazendo impactos positivos na forma dessas pessoas se relacionarem com o mar. Exemplos no depoimento: Yuri disse “Essa experiência com a Patrícia foi incrível.Você vê o mar de outra forma com os olhos dos oceanógrafos. Super recomendo!” . Este relato mostra o despertar de um novo de olhar sobre a ambiente marinho devido a atividade. Na área da piscina natural, já conseguimos proibir o uso de cadeiras, coolers e alimentação de pão aos peixes. As iniciativas do projeto provocou na comunidade do entorno uma mobilização coletiva que tem gerado bons frutos, provocando discussões positivas e promissoras em busca da integração dos pilares inseridos no projeto, de forma colaborativa e cooperativa, gerando o pertencimento aos envolvidos que resulta em comprometimento e dedicação.

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

Unir mais atores para crescer a iniciativa, permitindo que propostas e soluções sejam feitas de fontes diversas, enriquecendo o processo de construção coletiva e permitindo que se proporcione mais opções de atividades para os turistas. Funcionando como uma rede, que inclui grupos sociais e setores diferentes, a expansão da cobertura do projeto se expande e se fortalece como instrumento de mudança positiva.

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

Colabora com a associação de bairro na preservação do espaço. Colabora com a universidade na geração de dados e monitoramento contínuo de costão rochoso que tem corais endêmicos do Brasil. Colabora com o governo ao criar uma organização comunitária para gerir um espaço público. Parceria com empresa de ecoturismo que tenha os mesmos valores de preservação para venda da atividades de mergulho.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Sim, além de uma operadora de ecoturismo que se aliou ao projeto devido a valiosa proposta apresentada, a associação de moradores da praia da Fortaleza também está contribuindo para o projeto. A associação já promovia uma abordagem focada na informação voltada a restrição de objetos no espaço, porém essa forma de comunicação provoca um efeito negativo na sensibilização do visitante e não o torna um aliado na conservação. Após a apresentação do projeto o grupo diretivo da associação já participa de forma a mudar sua visão de proteção do atrativo e interagir sob os princípios da educação ambiental, mudança está só possível após a apresentação da proposta do projeto, que propõe caminhos com efeitos duradouros e que permitem uma mudança do visitante em sua forma de interagir com o atrativo visitado.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Apoio da família
  • Vendas

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

O Projeto visa se manter totalmente a partir de seus serviços de venda de mergulhos e produtos do local. Editais e leis de incentivo para auxiliar aumentar a infraestrutura do projeto e proporcionar maior acessibilidade.

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento entre R$1.000 e R$10.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • entre R$ 10.000 e R$ 50.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

Patricia (oceanógrafa, educadora ambiental e guia de turismo) - idealizadora do projeto atua diretamente na realização das atividades de mergulho, criadora do programa científico de monitoramento do local, dedicação integral Claudinei Bernardes (Guia de turismo e monitor ambiental) - contato com parceiros e outros atores, gestão administrativa, mídias, dedicação temporária Rosana, Lucy e Joana - moradoras e associadas a AMFORT (Associação de Moradores da Praia da Fortaleza)

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

Patricia: mulher, oceanografa, classe média, branca, 26 anos. Claudinei: homem, guia de turismo, classe média, caiçara, 42 anos

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Outra Comunidade Tradicional

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

Impactos econômicos positivos ao oferecer um novo atrativo na praia e impactos na organização social da comunidade, que historicamente tende a ser desarticulada com questões que permeiam ações coletivas. Isso de deve por falta de experiência em gestão de associação ou participação em projetos coletivos, por meio da proposta do projeto é visível que uma nova mobilização está sendo feita e de forma pró ativa, que impacta de forma positiva os processos do projeto.

16) Como você soube desse desafio?

  • Recomendado por outras pessoas

Evaluation results

10 evaluations so far

1. IMPACTO: Esta iniciativa demonstra impacto relevante, e com evidências quantitativas e qualitativas?

Com toda certeza. - 10%

Sim, há evidências quantitativas e qualitativas de seu impacto na comunidade. - 30%

De forma parcial. - 40%

Não, há pouca evidência de resultados de impacto. - 20%

Não. - 0%

2. INOVAÇÃO: Esta iniciativa desenvolveu e implementou uma abordagem inovadora?

Com toda certeza. - 20%

Sim, tem características inovadoras. - 30%

De forma parcial. - 30%

Não, há pouca evidência demonstrada. - 20%

Não. - 0%

3. PLANEJAMENTO FINANCEIRO E OPERACIONAL: A iniciativa tem como base um modelo de negócio viável e mostra planos realistas de longo prazo para a sustentabilidade financeira?

Com toda certeza. - 10%

Sim, a iniciativa tem um bom modelo de negócio. - 20%

De forma parcial. - 30%

Insuficiente. - 10%

Não. - 30%

4. REPLICABILIDADE & CRESCIMENTO: Avalie a escalabilidade da iniciativa. Ela tem potencial de ser replicada em outros contextos sociais, culturais e/ou geográficos?

Com toda certeza. - 10%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 60%

De forma parcial. - 20%

Insuficiente. - 0%

Não. - 10%

5. AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO: Uma/um agente de transformação social é alguém que se propõem a lidar e encontrar soluções coletivas para o bem de uma comunidade, um grupo, uma localidade. Queremos saber: essa iniciativa ajuda a inspirar e apoiar outras pessoas a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades?

Com toda certeza. - 20%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 50%

De forma parcial. - 10%

Insuficiente. - 10%

Não. - 10%

6. DIVERSIDADE: Esta iniciativa demonstra a inclusão de públicos diversos em sua iniciativa, seja nos parceiros com os quais colabora e/ou na composição de sua equipe?

Com toda certeza. - 10%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 20%

De forma parcial. - 40%

Insuficiente. - 10%

Não. - 20%

7. AVALIAÇÃO GERAL: De forma geral, você considera que esta iniciativa deve avançar para a próxima fase do Desafio e se tornar um semifinalista?

Sim, com toda a certeza! - 0%

Sim, acredito que sim. - 20%

Talvez. - 50%

Provavelmente não. - 20%

Não. - 10%

Attachments (1)

Campanha Costao Vivo.pptx.pdf

Detalhes do projeto

10 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Thais Franguelli
Team

Patricia, grande ideia! O turismo precisa de mais ideias inovadoras e sustentáveis.
Se tiver alguma forma que eu possa contribuir me avise, temos uma empresa de planejamento de viagens.
Inclui uma ideia da minha empresa aqui, ficarei feliz em saber sua opinião.
https://network.changemakers.com/challenge/turismosustentavel/inscricoes/viaja-facil-digital

Começamos um site novo também com um blog colaborativo (www.tracandosuarota.com.br), tem um espaço para você se quiser divulgar seu projeto lá. Abraços.

View all comments