iFriend

Find a friend. Enjoy the ride. Encontre um amigo. Desfrute a viagem.

Photo of Leonardo Brito
7 10

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Leonardo Oliveira Mendes Brito

E-mail

leonardo.brito@theifriend.com

Nacionalidade

brasileira

Gênero

  • Masculino

Data de Nascimento

11021973

Sede da organização (UF)

  • Rio de Janeiro

Site da organização

www.ifriend.com.br (domínio nacional) www.theifriend.com (domínio internacional)

Mídias sociais da organização

https://www.facebook.com/TheiFriend https://www.instagram.com/the_ifriend/ https://www.linkedin.com/company/ifriend https://www.youtube.com/channel/UC7CMFi5BaHqZOiybo4-Y6Pw

Data em que você iniciou o projeto

Outubro/2018

Estágio do projeto

  • Em crescimento (passaram das primeiras atividades; trabalhando para o próximo nível de expansão)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

Trabalhei 12 anos num grande banco internacional (HSBC) onde tive a oportunidade de morar em 5 estados (RJ, MG, PE, MS e SP) e ter conhecido a lazer e a trabalho mais de 300 cidades no Brasil e no mundo. Sempre que visitava uma cidade onde tinha um amigo, a minha experiência de viagem era bem melhor de quando estava numa cidade onde não conhecia ninguém, afinal, quem melhor poderia me apresentar sua cidade do quê seus próprios moradores locais? Com a certeza disso, em 2015 ao fazer um curso de MBA na Coppead UFRJ, nosso professor de Marketing desafiou os alunos a criar business plan de um produto/serviço inovador, e nesse momento não tive dúvidas, era a hora de tirar aquela minha idéia da mente e colocá-la no papel, resultando no trabalho mais bem avaliado da turma. Me dando o incentivo que faltava para tomar coragem de largar meus 20 anos de carreira no mercado financeiro para me juntar ao meu sócio Diogo Leão e transformarmos o iFriend numa realidade.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

A insegurança em visitar lugares desconhecidos e a dificuldade com um idioma estrangeiro, bem como o desconhecimento da cultura local e os altos custos de uma viagem exótica, impedem que milhares de viajantes deixem de conhecer lugares únicos e exclusivos que a simples companhia de um morador local pode resolver. Desta forma, com a inclusão da comunidade local para guiar tais visitantes, estamos gerando uma inclusão social, cultural e financeira a diversas comunidades no Brasil e no mundo.

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

Temos atualmente moradores locais cadastrados em 126 países em mais de 1.100 cidades no mundo. Somente no Brasil, são mais de 1.300 guias locais cadastrados em 219 municípios. Muitos são universitários, professores aposentados e principalmente guias profissionais de turismo. A maior parte destes profissionais, não possuem condições de divulgar seus serviços individualmente aos viajantes, e de forma totalmente gratuita e sem custo mensal, esses profissionais podem se cadastrar em nosso site, receber um treinamento da plataforma e assim poder alcançar milhares de viajantes nacionais e estrangeiros oferecendo seus serviços. Os mesmos definem o valor que desejam cobrar e nós incluímos nossa comissão, portanto, somos remunerados somente no sucesso enviando ao enviar viajantes para o guia local. Dessa forma, sem nenhum investimento inicial, milhares de profissionais locais podem cadastrar seus serviços aos viajantes, desde serviços de guia, tradução, intérprete, transfer, serviços culinários, tours gastronômicos, aulas de história local, pratica esportiva, dança e muito mais.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

https://drive.google.com/file/d/19gYywcQrzqdWYffhX6ZPLQNArbgN6Y3W/view?usp=sharing

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

Como responsável pelas áreas de atendimento, comercial e recursos humanos da empresa, minhas principais atividades são: atendimento e prospecção de clientes; aprovação de campanhas de marketing nas redes sociais e no Google; realização de treinamento e curadoria dos guias locais; gestão de CRM na ferramenta RD Station; autorizações de pagamento e gestão de RH.

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

As principais inovações que fomentamos em nosso projeto são: 1) A inclusão nos serviços turísticos da comunidade local, possibilitando que universitários, aposentados e profissionais de diversas áreas possam receber visitantes e atuarem como guias locais na comunidade onde residem. 2) Democratização do serviço de guias de turismo. Em virtude dos altos valores para contratação de um guia de turismo, poucos viajantes podem fazê-lo. Desta forma, com a inclusão da comunidade local, geramos maior oferta do serviço de guias e oferecemos poder de escolha ao viajante, tanto para contratar um guia de turismo credenciado ou para contratar um morador local. Permitindo assim, que mais pessoas utilizem o serviço de guias, uma vez que haverá maior oferta de profissionais e consequentemente valores mais acessíveis. 3) Aumento da demanda para o guia de turismo credenciado. Atualmente, a maior parte dos guias de turismo possuem uma segunda atividade pois não conseguem se manter financeiramente na profissão. Através da divulgação gratuita dos seus serviços em nosso site global, reduzimos seus custos de divulgação e possibilitamos a estes profissionais que acessem clientes de várias partes do mundo para contratação dos seus serviços. 4) Processo simplificado de reserva que permite o usuário reservar e imediatamente estabelecer contato com um guia local em qualquer destino do mundo.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Cultural - iniciativas que valorizem as identidades e culturas locais, a preservação das histórias e os saberes tradicionais.  
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Social: No momento que o viajante efetua uma reserva, ele já passa a estabelecer contato com nossos guias, desta forma, ambos terão a oportunidade de conversar entre si e estabelecerem um relacionamento antes da viagem através das dicas e do roteiro que o guia oferecerá ao viajante. Portanto, quando ambos se encontram, o guia não será mais um estranho prestando um serviço ao viajante, mas será como se estivesse passeando com um amigo pela cidade. Cultural: Muitos dos nossos "iFriends", como chamamos carinhosamente nossos guias locais, são pessoas humildes e com poucos recursos para fazer uma viagem internacional. Ao receber e interagir com viajantes de outras partes do mundo, o seu aprendizado sobre culturas estrangeiras aumenta além de se desenvolverem em idiomas estrangeiros. Um bom exemplo são nossos guias locais da Rota das Emoções (Jericoacara, Lençois Maranhenses, Delta do Parnaíba, etc), os mesmos ao receberem os turistas europeus que buscam suas belas praias para prática de kite surf, aprendem a falar outros idiomas e conhecem com bastante profundidade os hábitos e costumes dos viajantes europeus. Econômico: Através do serviço que realizam, os guias são remunerados pelos viajantes de acordo com o tempo de acompanhamento que eles o fazem. Desta forma, conseguem gerar renda para suas famílias e promovem todo o ecossistema econômico local.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

Desde o início do nosso projeto em Outubro de 2018, atendemos mais de 1.500 turistas em quase 100 países do mundo. No Brasil atuamos em 219 cidades e apesar do nosso projeto ser global, pelo fato de nosso projeto ter nascido aqui, o Brasil é nosso principal destino. O ticket médio da nossa reserva gira em torno de US$140 o que gera um enorme impacto de renda a muitas famílias brasileiras. Temos cadastrados na plataforma 5.200 guias locais, em virtude da pandemia, muitos recém cadastrados ainda não tiveram a oportunidade de realizar um passeio, contudo, estamos confiantes com a retomada do turismo conseguiremos apoiar centenas de guias locais no Brasil e no mundo. Compartilho com vocês um depoimento de um dos nosso iFriends (guias locais): "Olá! Meu nome é Pedro Camargo. Sou estudante de medicina e iFriend em São Petersburgo, Rússia, ou Piter, como chamamos por aqui. A plataforma me proporcionou ótimas experiências com pessoas novas, e ainda por cima, consigo uma renda extra em cada passeio. Recomendo a plataforma do iFriend a todos que têm interesse em conhecer pessoas novas, mostrar sua cidade, ganhar uma renda extra ou ter uma experiência personalizada no lugar que escolher".

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

Quando iniciamos nosso projeto, pensávamos inicialmente atender somente clientes finais, ou seja, os viajantes. Contudo, recebemos muitas demandas de agências de viagem buscando um serviço de guia para os seus clientes a fim de que os mesmos tenham uma experiência mais autêntica do local onde estão viajando. Portanto, aproveitamos a parada no turismo que a pandemia ocasionou e fizemos contato com centenas de agências no Brasil e algumas operadoras. A absoluta maioria se interessou e com isso cadastramos em nosso site mais de 400 agências de viagem, muitas das quais já estão nos demandando reservas. Além disso, conversamos com diversos blogueiros e influenciadores de viagem, vários deles já estão nos apoiando divulgando os nossos serviços, entre eles o maior influenciador do turismo brasileiro, @AlvaroGarnero. Além disso, estamos fazendo diversas melhorias na plataforma, entre elas a criação de APIs para integração da plataforma as operadoras de viagem.

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

Como nossa iniciativa nasceu na universidade (Coppead UFRJ), temos atuado como palestrantes convidados em diversas escolas e universidades a fim de fomentar os alunos a desenvolver suas idéias e o empreendedorismo. Além disso, realizamos parcerias com associações de guias de turismo, Sebrae, além de diversos ecossistemas de startup, tal como o InovaBra do qual somos membros. Fomos convidados pelo Sebrae do Piauí, Ceará e Maranhão para palestrar aos guias locais da região da Rota das Emoções a fim de fomentar o turismo naquela localidade.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Temos influenciado principalmente as agências e operadoras de viagem com quem estamos tendo contato. Mostrando aos mesmos a satisfação dos clientes que já temos atendido e ganhando a confiança dos mesmos a indicar aos seus clientes este serviço. Além disso, o Sebrae está nos apoiando divulgando nosso serviço na página do Sebrae com um serviço inovador de turismo (https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/5-solucoes-inovadoras-em-turismo-para-apoio-ao-negocio-durante-a-crise,efef33e18f381710VgnVCM1000004c00210aRCRD) e a Panrotas divulgou gratuitamente nosso serviço de apoio aos viajantes que não puderam retornar ao seu destino quando houve o anúncio da pandemia e as fronteiras foram fechadas (https://www.panrotas.com.br/mercado/tecnologia/2020/03/plataforma-disponibiliza-guias-locais-para-auxiliar-turistas-fora-do-brasil_172290.html). Vários presidentes de associações de guias de turismo também têm nos apoiado divulgando nossa plataforma para seus associados.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Apoio da família
  • Vendas
  • Mentores / conselheiros
  • Investimento anjo

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

Atualmente 100% do nosso projeto foi financiado por recursos próprios (50%) e por investimento anjo (50%), bem como reinvestimento da receita das vendas realizadas. Ainda não recebemos nenhum apoio financeiro governamental ou público, nem doações. Porém, temos interesse em obter acesso aos canais de incentivo existentes para projetos como o nosso. Contudo, nosso foco principal para financiamento do projeto virá de recursos próprios, das vendas realizadas aos nossos clientes e de investimento anjo ou via venture capital. Inclusive, estamos nesse momento em busca de fundos de venture capital que possuem tese de investimento no setor de turismo para apresentar nosso projeto. Esperamos com a entrada de um fundo institucional no projeto é consolidar nosso serviço no trade turístico brasileiro e posteriormente iniciarmos um processo de internacionalização prospectando clientes em outros países da América Latina e EUA.

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento acima de R$500.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • acima de R$ 500.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

Temos atualmente uma equipe com 10 pessoas, sendo 4 sócios fundadores e 6 colaboradores. Nossos sócios possuem habilidades totalmente complementares, nosso CEO Leonardo Brito cuida da área comercial, atendimento estratégica, RH e relacionamento com investidores, tendo uma Gerente Comercial na sua equipe. Nosso CFO Bruno Carneiro cuida da parte financeira e contábil, bem como da governança da companhia, tendo uma assistente financeira no time. Nosso CIO Diogo Leão cuida do marketing digital, conteúdo, projetos e redes sociais, possuindo uma assistente de marketing na equipe, e nosso CTO Glauber Portella é responsável pela área de desenvolvimento e programação, tendo em sua equipe 3 desenvolvedores, full stack, front end e back end. Toda nossa equipe trabalha em tempo integral, sendo todos contratados e um estagiário.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

Possuímos uma equipe com 10 pessoas, sendo 50% casados e 50% solteiros, sendo 60% homens e 40% mulheres. 50% do nosso Time são pais e mães e 80% da equipe são pilares financeiros em suas casas. Temos membros da equipe em 3 estados brasileiros, MG, RJ e SP. A idéia média da equipe é de 35 anos, sendo o mais jovem com 21 anos e o mais experiente com 47 anos.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • O projeto não tem como foco comunidades em situação de vulnerabilidade específica.
  • Atuamos com profissionais de diversas áreas, aposentados e universitários são os públicos + carentes

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

Muitos dos nossos guias locais são profissionais aposentados que desenvolvem este trabalho como forma de renda complementar. Um bom exemplo é o guia João Graf Schreiber, natural da cidade de Curitiba. Como profundo conhecedor das histórias de sua cidade e de sua comunidade local, o mesmo trabalha como guia local acompanhando turistas do mundo inteiro em sua cidade. Além de fazer novos amigos pelo mundo, através deste trabalho ele têm complementado sua renda com este trabalho, sendo bastante grato a plataforma por essa oportunidade.

16) Como você soube desse desafio?

  • Recomendado por outras pessoas

Evaluation results

11 evaluations so far

1. IMPACTO: Esta iniciativa demonstra impacto relevante, e com evidências quantitativas e qualitativas?

Com toda certeza. - 9.1%

Sim, há evidências quantitativas e qualitativas de seu impacto na comunidade. - 45.5%

De forma parcial. - 36.4%

Não, há pouca evidência de resultados de impacto. - 0%

Não. - 9.1%

2. INOVAÇÃO: Esta iniciativa desenvolveu e implementou uma abordagem inovadora?

Com toda certeza. - 9.1%

Sim, tem características inovadoras. - 54.5%

De forma parcial. - 18.2%

Não, há pouca evidência demonstrada. - 0%

Não. - 18.2%

3. PLANEJAMENTO FINANCEIRO E OPERACIONAL: A iniciativa tem como base um modelo de negócio viável e mostra planos realistas de longo prazo para a sustentabilidade financeira?

Com toda certeza. - 18.2%

Sim, a iniciativa tem um bom modelo de negócio. - 27.3%

De forma parcial. - 36.4%

Insuficiente. - 9.1%

Não. - 9.1%

4. REPLICABILIDADE & CRESCIMENTO: Avalie a escalabilidade da iniciativa. Ela tem potencial de ser replicada em outros contextos sociais, culturais e/ou geográficos?

Com toda certeza. - 27.3%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 54.5%

De forma parcial. - 9.1%

Insuficiente. - 0%

Não. - 9.1%

5. AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO: Uma/um agente de transformação social é alguém que se propõem a lidar e encontrar soluções coletivas para o bem de uma comunidade, um grupo, uma localidade. Queremos saber: essa iniciativa ajuda a inspirar e apoiar outras pessoas a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades?

Com toda certeza. - 18.2%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 45.5%

De forma parcial. - 27.3%

Insuficiente. - 0%

Não. - 9.1%

6. DIVERSIDADE: Esta iniciativa demonstra a inclusão de públicos diversos em sua iniciativa, seja nos parceiros com os quais colabora e/ou na composição de sua equipe?

Com toda certeza. - 9.1%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 18.2%

De forma parcial. - 36.4%

Insuficiente. - 27.3%

Não. - 9.1%

7. AVALIAÇÃO GERAL: De forma geral, você considera que esta iniciativa deve avançar para a próxima fase do Desafio e se tornar um semifinalista?

Sim, com toda a certeza! - 9.1%

Sim, acredito que sim. - 45.5%

Talvez. - 18.2%

Provavelmente não. - 18.2%

Não. - 9.1%

Attachments (1)

7 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Salvador
Team

Olá Leonado e equipe,
Parabéns pela iniciativa criativa que tem um grande potencial de crescimento. Temos uma iniciativa inovadora que é o Turismo CO2 Legal - Guardiões do Clima, uma rede colaborativa que atua para fazer do turismo um vetor de conservação ambiental, inclusão socioeconômica no meio rural e de enfrentamento à crise climática. Queremos replicar o programa para outras regiões do país e engajar o trade turístico. Gostaríamos que conhecessem nossa iniciativa para conhecerem a proposta. Seria fantástico vocês trazerem para a plataforma de vocês a compensação de gases de efeito estufa geradas nas viagens de seus clientes. Seria uma pratica de responsabilidade socioambiental ão necessária para o enfrentamento à crise climática.
Gratidão pela escuta e fiquem bem.
https://network.changemakers.com/challenge/turismosustentavel/avaliacao-i/turismo-co2-legal-guardioes-do-clima

Spam
Photo of Leonardo Brito
Team

Olá Salvador,
Agradeço imensamente vosso feedback. Irei olhar criteriosamente vosso projeto e enviar meus comentários a vocês. Segue meu e-mail e telefone/WhatsApp de contato para conversarmos mais a respeito: +55(21)97956-0922 e e-mail: leonardo.brito@theifriend.com.
Desde já agradeço seu contato.
Abraços,
Leonardo Brito

View all comments