PORTO DE GALINHAS UM PARAÍSO PARA TODOS

VIDA SEM BARREIRAS.

Photo of Rodas da Liberdade
11 16

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Michel Erick Peneveyre

E-mail

michelpe369@gmail.com

Nacionalidade

Suiça

Gênero

  • Masculino

Data de Nascimento

13031966

Sede da organização (UF)

  • Pernambuco

Site da organização

https://rodasdaliberdade.org/

Mídias sociais da organização

https://www.facebook.com/rodas.daliberdade/photos?lst=100054468098987%3A100002559743968%3A1598927137

Data em que você iniciou o projeto

23/04/2010

Estágio do projeto

  • Estabelecido (passou com sucesso pelas fases iniciais, tem um plano para o futuro)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

Desde a juventude sempre gostei muito de viajar e de praticar esportes. Em 1990 viajei para a Tailândia onde fiz um mergulho que considero ter sido no coração da vida, este mergulho me deixou tetraplégico e mudou toda a minha visão sobre a existência. Passei por uma reabilitação e após reaprender a viver voltei a viajar e praticar esportes, em 1992 Viajei para o Brasil e conheci Porto de Galinhas onde finquei residência, vendo a necessidade das pessoas com relação a acessibilidade e inclusão em 1995 fundei a Assoc. Rodas da Liberdade, trabalhamos com reabilitação para pessoas com necessidades especiais, além de doação de cadeiras, em 2010 diante da falta de estrutura das pessoas com necessidades especiais para tomar um banho de mar e conhecer as piscinas naturais construímos a primeira jangada adaptada e compramos a primeira cadeira anfíbia de Porto de Galinhas, em 2013 começamos o Projeto Praia Sem Barreiras, uma Parceria da EMPETUR E Prefeitura de Ipojuca.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

Porto de Galinhas recebe anualmente, 1.200.000 turista do Brasil e do Mundo, e nesses anos de sucesso turístico, pouco se fez para criarmos uma cultura do turismo sustentável, seja na perspectiva ambiental, social, cultural ou econômica. Raramente, havia uma preocupação e ação para atender as pessoas com deficiência, a consciência da responsabilidade da preservação da vida, da geração de oportunidades e valorização da cultural. Cuidar da pessoas, cuidar da natureza é nossa prioridade.

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

Após a identificação dessa situação problema, idealizamos o projeto do turismo da inclusão, da oportunidade, do sentimento à vida, principalmente às pessoas com deficiência. O projeto de acessibilidade aos meios turísticos e a preocupação com a consciência da preservação ambiental foi viabilizado com o envolvimento de vários segmentos da sociedade, associações, empresários, poder público local e estadual. Oportunizamos a felicidade de muitas famílias o acesso à praia, ao passeio de jangada adaptada e ao mesmo tempo, gerando renda para os colaboradores do projeto em ação conjunta com os voluntários. Criamos uma estrutura física e conceitual que fundamenta esse atendimento personalizado, onde cada pessoa com deficiência realiza seu sonho de acesso à praia com sua família e amigos. Aliado a essas ações solidárias, criamos referências culturais com música e representação teatral refletindo nossa responsabilidade . A consagração de todo esse ideário, se concretiza com o projeto Praia Sem Barreiras, coordenado pela Associação Rodas da Liberdade que gera renda para mais de 20 profissionais. Além da ação social, o envolvimento do projeto com as campanhas de conscientização da coleta de lixo, realizado pela periodicamente no destino. Outro compromisso é o despertar da consciência do outro, sem distinção, realizado com inúmeros treinamentos envolvendo várias categorias de profissionais ligados ao turismo, jangadeiros, bugueiros, guias de turismo, garçons e empresários.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

Resumo da nossa iniciativa como associação e agente transformador.

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

Realizamos inúmeras atividades para viabilizar o projeto principal e atividades afins. No dia-a-dia, treinamento intenso, revendo todos os itens de organização da estrutura de apoio na praia, com os equipamentos necessários; treinamento diário na busca da excelência no atendimento com avaliação dos dias anteriores e identificação de eventuais problemas; limpeza diária da área de instalação dos equipamentos, ombrelones, guarda sol, cadeiras anfíbias e os tapetes adaptados à praia; revisão da jangada adaptada para acesso às piscinas naturais; uso diário da van adaptada, uma das poucas no estado de Pernambuco, no atendimento aos turistas e ou residentes com deficiência.

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

Nosso projeto é inovador no relacionamento humano com as pessoas com deficiência, seja na prospecção de novos turistas, que em tese não teriam acesso à praia, seja com as atividades adaptadas, como a jangada, com todos os itens de segurança necessários. Criamos também a oferta de atividades do turismo de aventura acessível, de acordo com os itens de segurança. Um exemplo, é a pedalada solidária que envolve um enorme número de participantes que vem de vários municípios. É um evento anual com várias pessoas com várias situações de deficiência. Outra ação inovadora, é a consultoria assistida, que impacta na mudança dos equipamentos de acesso na hospitalidade do destino e os serviços. Com a implementação de rampas de acesso, banheiros e novas concepções dos espaços, seguindo as orientações da Lei Brasileira de Inclusão. Mas o atendimento personalizado, das cadeiras de rodas totalmente adaptadas a cada necessidade individual é impactante, é emocionante. Cada ação, novas inovações em parceria com as indústrias. Noutra perspectiva, criamos as ações culturais com teatro, música e dança, com a participação da comunidade e os cadeirantes. Espetáculos que sensibilizam e mostram a força do bem.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Ambiental - iniciativas que reduzam o impacto ambiental, que ofereçam soluções de compensação, que cuidem da conservação e do uso de recursos naturais, que se proponham a regenerar áreas degradadas e que promovam educação e sensibilização ambiental.     
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Nosso projeto tem como prioridade e foco no humano, indissociável do meio ambiente. Assumimos a missão de criar possibilidades à acessibilidade, não só no cumprimento da lei, mas principalmente na tomada de consciência de que somos únicos e um todo. Assim, o pilar social é uma força do nosso projeto que se articula e intercede com os outros pilares. Oferecemos a oportunidade de um turismo inteligente e acessível. Oferecemos a oportunidade de gerar conhecimento, oportunidade e renda com as contratações de profissionais da comunidade. Oferecemos a criticidade da preservação ambiental como responsabilidade coletiva local e global. Oferecemos a capacidade criativa humana através da música, dança e teatro, a expressão dos nossos sentimentos e emoções, criando e recriando, interagindo com várias nacionalidades, idades e gêneros. Somos a vida! Nosso projeto soma-se as parcerias com outras associações que juntas consolidam essas ações. Somos lideres nas ações sociais, recentemente lideramos a maior campanha de arrecadação de alimentos da história do município, envolvendo o trade turístico e outras parcerias além dos limites estaduais. Nossa força ambiental é marcadamente conhecida com fortes parcerias, na preservação da tartaruga e cavalo marinho e limpeza constante das praias, além das campanhas de conscientização.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

Já atendemos mais de dez mil pessoas de todo o mundo que vem desfrutar do turismo em Porto de Galinhas, chegamos a ganhar um premio em Brasilia pelas boas praticas no turismo, temos um fluxo constante de pessoas que vem ao nosso destino turístico devido a existência do projeto.

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

Pretendemo ampliar o projeto para outras praias locais e desenvolver novos atrativos turísticos.

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

Sim, com o trade turístico e outras associações.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Inspiramos todo o trade turístico de Porto de Galinhas a se adequar ao nosso público.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Apoio da família
  • Vendas
  • Mentores / conselheiros
  • Prêmios
  • Parceria com o trade turístico.

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

20% serviços, 20% investimento, 60% doações.

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento entre R$10.000 e R$50.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • acima de R$ 50.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

Coordenação geral e operacional, monitores, secretária e auxiliar.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

Sou tetraplégico e coordenador geral, o coordenador operacional é deficiente visual, três mulheres monitoras e três homens e uma auxiliar com descendência indígena.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Comunidade de pessoas com deficiência
  • Buscamos atender todas as pessoas independente de raça, credo, gênero, ou opção sexual.

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

Buscamos atender toadas as pessoas com necessidades especiais, possibilitando terem um turismo acessível.

16) Como você soube desse desafio?

  • Mídia social
  • Notícias (meios de comunicação)

Evaluation results

16 evaluations so far

1. IMPACTO: Esta iniciativa demonstra impacto relevante, e com evidências quantitativas e qualitativas?

Com toda certeza. - 46.7%

Sim, há evidências quantitativas e qualitativas de seu impacto na comunidade. - 33.3%

De forma parcial. - 13.3%

Não, há pouca evidência de resultados de impacto. - 6.7%

Não. - 0%

2. INOVAÇÃO: Esta iniciativa desenvolveu e implementou uma abordagem inovadora?

Com toda certeza. - 56.3%

Sim, tem características inovadoras. - 37.5%

De forma parcial. - 6.3%

Não, há pouca evidência demonstrada. - 0%

Não. - 0%

3. PLANEJAMENTO FINANCEIRO E OPERACIONAL: A iniciativa tem como base um modelo de negócio viável e mostra planos realistas de longo prazo para a sustentabilidade financeira?

Com toda certeza. - 25%

Sim, a iniciativa tem um bom modelo de negócio. - 18.8%

De forma parcial. - 31.3%

Insuficiente. - 18.8%

Não. - 6.3%

4. REPLICABILIDADE & CRESCIMENTO: Avalie a escalabilidade da iniciativa. Ela tem potencial de ser replicada em outros contextos sociais, culturais e/ou geográficos?

Com toda certeza. - 50%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 43.8%

De forma parcial. - 6.3%

Insuficiente. - 0%

Não. - 0%

5. AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO: Uma/um agente de transformação social é alguém que se propõem a lidar e encontrar soluções coletivas para o bem de uma comunidade, um grupo, uma localidade. Queremos saber: essa iniciativa ajuda a inspirar e apoiar outras pessoas a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades?

Com toda certeza. - 62.5%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 31.3%

De forma parcial. - 6.3%

Insuficiente. - 0%

Não. - 0%

6. DIVERSIDADE: Esta iniciativa demonstra a inclusão de públicos diversos em sua iniciativa, seja nos parceiros com os quais colabora e/ou na composição de sua equipe?

Com toda certeza. - 43.8%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 31.3%

De forma parcial. - 25%

Insuficiente. - 0%

Não. - 0%

7. AVALIAÇÃO GERAL: De forma geral, você considera que esta iniciativa deve avançar para a próxima fase do Desafio e se tornar um semifinalista?

Sim, com toda a certeza! - 31.3%

Sim, acredito que sim. - 43.8%

Talvez. - 25%

Provavelmente não. - 0%

Não. - 0%

11 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Philipe Melo
Team

Lindo Projeto e de impactos grandiosos na inclusão, desenvolvimento econômico e no turismo. Parabéns.

View all comments