Projeto Cerrado de Pedra

Trazer visibilidade a cidade de Cocalzinho do Goiás através do ecoturismo, promovendo a inclusão social e desenvolvimento da população local

Photo of Lucas Lira
5 7

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Lucas Viana Lira Ribeiro

E-mail

lucasliradf@gmail.com

Nacionalidade

Brasileira

Gênero

  • Masculino

Data de Nascimento

2011996

Sede da organização (UF)

  • Goiás

Data em que você iniciou o projeto

05/2020

Estágio do projeto

  • Piloto (o projeto está em fase inicial e realizando ajustes)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

O Parque Estadual dos Pireneus é considerado, pelos praticantes de escalada em rocha, um lugar sagrado e único. Ele localizado no estado de Goiás e sua extensão está entre as cidades de Pirenópolis e Cocalzinho, esta última, é pequena e com pouca infraestrutura. Pirenópolis monopoliza o turismo de cachoeiras e trilhas, com grandes empreendimentos (de pessoas não residentes). Cocalzinho tem a grande oportunidade de se desenvolver através da escalada. Os praticantes do esporte são moradores das grandes cidades, principalmente Brasília e Goiânia, assim, o fluxo de turistas que vêm por causa do esporte só aumenta. A comunidade local não participa desta atividade, por achar distante de sua realidade e por não terem informação disponível. O projeto surgiu ao enxergar no esporte uma chance de promover o desenvolvimento econômico e social local, alinhado com a preservação ambiental do Parque Estadual dos Pirineus.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

O Parque possui grande diversidade de recursos naturais e a cidade de Cocalzinho e seus moradores não se apropriam desse patrimônio. A cidade vizinha, Pirenópolis, foi engolida pelo turismo exploratório. Para que os moradores de Cocalzinho não se sintam excluídos dos benefícios do ecoturismo e vulneráveis à esta exploração (que é um risco eminente) devem possuir meios de serem informados sobre educação ambiental, participarem da mudança e serem atores de transformação do local que vivem.

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

Para que os moradores da cidade sejam agentes transformadores da sua realidade, o projeto busca trabalhar com duas frentes principais: a educação e a prática do esporte. Com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social da cidade, serão ministradas palestras, rodas de conversa e outros eventos sobre temas que se encaixam à realidade local e com foco em iniciativas de empreendedorismo. Haverá um espaço de "formação digital", onde serão disponibilizados computadores (sob supervisão dos instrutores do projeto) para que os jovens aprendam a trabalhar com as ferramentas de tecnologia, que mantêm um mercado de trabalho crescente. A inserção dos moradores de Cocalzinho à prática de escalada acontecerá por meio de um espaço físico com um muro de escalada indoor (muro artificial) e estrutura de ginásio, para que os instrutores possam ensinar os passos iniciais da atividade. As idas ao parque serão de responsabilidade da equipe do projeto, com instrutores formados e autorizados a fazerem a segurança da prática. A inserção dos moradores no esporte é o ponto focal do projeto, pois essa integração com a questão educacional provoca o despertar sobre as necessidades do ambiente e dos turistas, além da consciência ambiental, da importância do parque. A partir dessa iniciativa o projeto buscará apoiar as iniciativas locais de empreendimentos que trabalhem a favor do desenvolvimento sustentável.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

Vídeo do projeto e imagens do local que mostram a oportunidade para o desenvolvimento do ecoturismo na região.

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

Por estar em sua fase inicial e devido ao momento de pandemia em que vivemos o projeto está em fase de consolidação de parcerias, estruturação da equipe e elaboração do plano de trabalho.

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

A principal inovação da iniciativa é buscar construir um turismo de base comunitária adaptada ao local, que é uma região urbana e rural. O turismo de base comunitária tem na sua essência o pacto entre os agentes que promovem a atividade turística, sendo que estes entram em acordo a preservarem o modelo turístico local com suas tradições e modo de vida (CORIOLANO, 2009). No caso de cocalzinho a adaptação seria entender qual o desejo da comunidade com relação as atividades de ecoturismo e construir uma identidade para a prática a partir dos relatos das necessidades dos moradores.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Cultural - iniciativas que valorizem as identidades e culturas locais, a preservação das histórias e os saberes tradicionais.  
  • Ambiental - iniciativas que reduzam o impacto ambiental, que ofereçam soluções de compensação, que cuidem da conservação e do uso de recursos naturais, que se proponham a regenerar áreas degradadas e que promovam educação e sensibilização ambiental.     
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Social: as atividades serão todas voltadas aos moradores da cidade, desde aqueles que buscam empreender com o turismo até aqueles que não se imaginam neste ramo mas que se identificam com a cidade e desejam mudar sua realidade local. A ideia é impactar o maior número de moradores possível, para que todos se sintam parte da cidade e das atividades desenvolvidas aqui. Cultural: Cocalzinho mantêm festas tradicionais ligadas aos morros e ao Pico dos Pireneus. Difundir a cultura e principalmente os eventos locais traz uma outra face de turismo, gerando patrocínios e captação de turistas para a região. Ambiental: A educação e sensibilização ambiental estará presente em todas as atividades do projeto, sempre destacando a importância do Parque pelos seus atrativos, pelos serviços ecossistêmicos que o mesmo presta e por ser um patrimônio da cidade de Cocalzinho. Trazer o Parque para a realidade dos morados trará sentimento de pertencimento e assim eles serão os maiores defensores de sua preservação. Econômico: Por conter uma área rural produtiva, Cocalzinho consegue ser uma cidade com baixa dependência externa. Criar esquemas de negócios que valorizem os produtos locais, a culinária local e os serviços locais fecha o ciclo e gera renda em todas as áreas da cidade. Lanchonetes, pontos de apoio, hostels e outros empreendimentos podem e devem acontecer a partir de pessoas de dentro da cidade.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

Pelo projeto ter se iniciado no momento de pandemia ainda não foi possível a capacitação destes dados. Até o momento temos 4 participantes do projeto e o apoio do Centro de Referência de Assistência Social da cidade de Cocalzinho do Goiás.

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

A estratégia de crescimento é colocar em prática os eventos e o envolvimento com a comunidade local e a comunidade de escaladores. Campanhas de conscientização ambiental, campanha de empreendedorismo, campanha de atividades circenses e campanhas de atividades no parque são algumas das campanhas que irão acontecer. Os processos de parcerias irão focar nas empresas já instaladas em Cocalzinho e com as associações locais da cidade.

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

No momento contamos com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social da cidade e a empresa parceira Monolito.io. As associações da cidade já mostraram interesse em participar também da iniciativa. A ideia é expandir cada vez mais, buscando sensibilizar empresas locais e das proximidades quanto a importância deste tipo de atividade no local. Universidades também serão contadas, visto que estudos mais profundos sobre a relação da escalada e da economia local podem ser explorados, estudos sobre modelos de turismo também podem acontecer ao longo da iniciativa.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Ainda não atingimos grandes organizações, mas ao entrarmos contato com os moradores e agentes do Centro de Referência de Assistência Social a resposta é sempre positiva.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Apoio da família

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

Curto prazo: investimento inicial, apoio governamental, captação de parceiros, doações e editais Médio prazo: vendas ligadas a produtos de escalada da empresa parceira (Monolito.io), editais e apoio governamental Longo prazo: editais, doações, investimento privado de parceiros e apoio governamental Atualmente 100% da renda vem de investimento inicial.

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento menor que R$1.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • acima de R$ 50.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

A equipe do projeto é composta por 4 pessoas: Eu, Lucas, graduando em ciências ambientais na Universidade de Brasília, escalador e entusiasta do mundo outdoor e de questões socioambientais, dedico meu tempo integral ao projeto na função de idealizador e gestor do projeto. Marcos, participante ativo de corrida de montanha e apaixonado pela cultura que permeia o esporte, também mantêm dedicação integral ao funcionamento do projeto, também como gestor e idealizador do mesmo. Rodrigo, produtor audiovisual e escalador há mais de 10 anos sempre esteve envolvido com a comunidade de Cocalzinho e atualmente se dedica a área de comunicação e produção visual. Yuri, é nosso designer, colocando nossas ideias e desejos em forma de imagens. Para o futuro esperamos contar com forças femininas para que a pauta de gênero esteja presente em nosso trabalho.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

Infelizmente o projeto ainda não conta com diversidade em sua estrutura. É composto por quatro homens brancos, héteros e de classe médias. Parceiras que chamamos para o projeto não tinham disponibilidade.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Comunidade de baixa renda
  • Comunidade rural
  • Comunidade periférica

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

O projeto impacta diretamente os moradores do local. Até o momento conseguimos mapear e identificar a população periférica, rural e de baixa renda. A medida que o projeto se expandir e crescer dentro da cidade poderemos identificar outros grupos focais.

16) Como você soube desse desafio?

  • Mídia social

Evaluation results

12 evaluations so far

1. IMPACTO: Esta iniciativa demonstra impacto relevante, e com evidências quantitativas e qualitativas?

Com toda certeza. - 25%

Sim, há evidências quantitativas e qualitativas de seu impacto na comunidade. - 33.3%

De forma parcial. - 25%

Não, há pouca evidência de resultados de impacto. - 0%

Não. - 16.7%

2. INOVAÇÃO: Esta iniciativa desenvolveu e implementou uma abordagem inovadora?

Com toda certeza. - 33.3%

Sim, tem características inovadoras. - 25%

De forma parcial. - 25%

Não, há pouca evidência demonstrada. - 8.3%

Não. - 8.3%

3. PLANEJAMENTO FINANCEIRO E OPERACIONAL: A iniciativa tem como base um modelo de negócio viável e mostra planos realistas de longo prazo para a sustentabilidade financeira?

Com toda certeza. - 16.7%

Sim, a iniciativa tem um bom modelo de negócio. - 33.3%

De forma parcial. - 16.7%

Insuficiente. - 25%

Não. - 8.3%

4. REPLICABILIDADE & CRESCIMENTO: Avalie a escalabilidade da iniciativa. Ela tem potencial de ser replicada em outros contextos sociais, culturais e/ou geográficos?

Com toda certeza. - 25%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 41.7%

De forma parcial. - 33.3%

Insuficiente. - 0%

Não. - 0%

5. AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO: Uma/um agente de transformação social é alguém que se propõem a lidar e encontrar soluções coletivas para o bem de uma comunidade, um grupo, uma localidade. Queremos saber: essa iniciativa ajuda a inspirar e apoiar outras pessoas a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades?

Com toda certeza. - 33.3%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 41.7%

De forma parcial. - 25%

Insuficiente. - 0%

Não. - 0%

6. DIVERSIDADE: Esta iniciativa demonstra a inclusão de públicos diversos em sua iniciativa, seja nos parceiros com os quais colabora e/ou na composição de sua equipe?

Com toda certeza. - 27.3%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 27.3%

De forma parcial. - 18.2%

Insuficiente. - 18.2%

Não. - 9.1%

7. AVALIAÇÃO GERAL: De forma geral, você considera que esta iniciativa deve avançar para a próxima fase do Desafio e se tornar um semifinalista?

Sim, com toda a certeza! - 25%

Sim, acredito que sim. - 25%

Talvez. - 16.7%

Provavelmente não. - 16.7%

Não. - 16.7%

5 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Quilombo de Baia Formosa QBF
Team

oi que lindo o seu Projeto de vocês e uma forma de ajudar a divulgar outro tipo de turismo ,e timo esta plataforma

View all comments