Projeto Morrinho - Uma revolução artística

Desde 1997, o Projeto Morrinho conta uma história de comunidade, autenticidade e respeito.

Photo of Douglas Simoes
12 38

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Nelcirlan Souza de Oliveira

E-mail

projetomorrinho2017@gmail.com

Nacionalidade

Brasileiro

Gênero

  • Masculino

Data de Nascimento

17121982

Sede da organização (UF)

  • Rio de Janeiro

Site da organização

https://www.projetomorrinho.org/home

Mídias sociais da organização

Facebook - https://www.facebook.com/morrinhoproject/ Instagram - @morrinhoproject Youtube - https://www.youtube.com/channel/UC-SA56SIFIVz19Q8M8fh76w

Data em que você iniciou o projeto

Janeiro/1997

Estágio do projeto

  • Em crescimento (passaram das primeiras atividades; trabalhando para o próximo nível de expansão)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

Tudo começou em 1997 por mim e pelo meu irmã na Favela Pereira da Silva. Nesse ano de 1997 o Rodrigo Gavião, um vídeo maker foi até a favela fazer um documentário e nos encontrou brincando com maquetes construídas com restos de construção. Desde então as maquetes cresceram, fomos para a televisão, depois fomos para outros países e por fim turistas, principalmente estrangeiros começaram a visitar nossas instalação que hoje tem aproximadamente 400m2. Uma brincadeira que virou arte que virou tour.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

O Projeto vem tentando resolver alguns problemas estruturais e físicos dentro da comunidade. Por ex: Aguns acessos estão danificados e precisam ser reformados, algumas partes necessitam de melhor sinalização para que os visitantes e moradores possam se locomoverem com mais segurança e estabilidade

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

O projeto tenta resolver buscando: Parcerias e formas sustentáveis de capitar recursos para pelos menos conseguir resolver parte do problema.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

https://www.youtube.com/watch?v=6svC59vkyf0&feature=youtu.be

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

Passeios guiados pela comunidade até o espaço do Projeto interagindo com o comércio loca, oficinas de arte para os visitantes e moradores locais, apresentações de vídeos produzidos pelo próprio projeto, apresentações sobre a história do projeto.

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

1) As invocações que estão sendo desenvolvidas: Identificação dos guias e condutores locais, melhoria na sinalização do roteiro turístico, capacitação dos agentes, guias e condutores de turismo para termos um serviço com mais qualidade, segurança e responsabilidade. 2) Através de um grande trabalho de pesquisa com alguns moradores locais mais antigos nós tivemos acesso a informações muito importante para o desenvolvimento dos nossos serviços e um guiamento mais especializado dentro da comunidade. 3) Primeiro ponto: A instalação de arte que ganhou mérito e visibilidade mundial além de ser considerada atração turística, Obra de arte naif e contemporânea.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Cultural - iniciativas que valorizem as identidades e culturas locais, a preservação das histórias e os saberes tradicionais.  
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Impacto social: O social ajuda na educação das crianças, adolescentes e adultos que participam das atividades oferecidas pelo projeto usando assim a arte e o turismo como uma ferramenta positiva, alto sustentável e transformadora para que esses participantes possam pensar melhor a sua própria existência e importância dentro da sociedade e para o mundo. Impacto cultural: Promovemos a cultural em forma de entretenimento, diversão, lazer e arte. Por ex : Festivais de cinema , mostras de vídeos, produções de vídeo clipes, ensaios fotográficos, roda de rimas com temas selecionados, eventos de fim de ano, festas de dia das crianças, dia das mães, dias dos pais e natal com distribuições de presentes. Impacto econômico: Através das atividades turísticas surgiram: Restaurantes, hostels, bares lanchonetes que em parceria com o projeto ajudaram a fomentar a economia local da comunidade.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

Não conseguimos mensurar isso de forma super clara

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

Precisamos consolidar o turismo, precisamos ampliar a base de turistas, não só estrangeiros, mas também brasileiros, cariocas, escolas e tentar trazer equipes de empresas para conhecer um pouco de como se organizam as coisas dentro de uma favela, existe muito comprometimento dentro de uma favela e isso pode servir de aprendizado para equipes corporativas.

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

Temos parceria com agências e operadoras de turismo para trazerem seus clientes para conhecer nosso projeto e nossa favela.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Aos poucos vamos fazendo com que agências de viagem, guias e outros atores do turismo façam parte. Recentemente fizemos alguns trabalhos em escolas fora do Rio de Janeiro, ensinamos crianças e adolescente a fazerem maquetes também. E em 2019 ganhamos um Prêmio Nacional de Turismo concedido pelo Ministério do Turismo e lá pudemos passar um pouco de onde viemos e onde estamos com nosso projeto.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Vendas
  • Mentores / conselheiros
  • Prêmios
  • doações

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

Ainda não temos um planejamento muito definido, mas hoje vivemos de vendas dos tours, de produtos e de campanhas de doações

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento menor que R$1.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • entre R$ 10.000 e R$ 50.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

Não temos isso 100% definido mas temos 10 pessoas diretamente envolvidas no projeto.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

Temos 10 pessoas envolvidas no projeto mas sem uma grande estruturação de cargos, todos trabalham para o projeto e para as atividades de turismo que financiam o projeto.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Comunidade de baixa renda
  • Comunidade periférica

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

O projeto foi o ponto de partida para várias atividades econômicas dentro da favela como restaurantes e meios de hospedagem

16) Como você soube desse desafio?

  • Mídia social

Evaluation results

11 evaluations so far

1. IMPACTO: Esta iniciativa demonstra impacto relevante, e com evidências quantitativas e qualitativas?

Com toda certeza. - 27.3%

Sim, há evidências quantitativas e qualitativas de seu impacto na comunidade. - 36.4%

De forma parcial. - 27.3%

Não, há pouca evidência de resultados de impacto. - 9.1%

Não. - 0%

2. INOVAÇÃO: Esta iniciativa desenvolveu e implementou uma abordagem inovadora?

Com toda certeza. - 27.3%

Sim, tem características inovadoras. - 36.4%

De forma parcial. - 27.3%

Não, há pouca evidência demonstrada. - 9.1%

Não. - 0%

3. PLANEJAMENTO FINANCEIRO E OPERACIONAL: A iniciativa tem como base um modelo de negócio viável e mostra planos realistas de longo prazo para a sustentabilidade financeira?

Com toda certeza. - 18.2%

Sim, a iniciativa tem um bom modelo de negócio. - 9.1%

De forma parcial. - 54.5%

Insuficiente. - 18.2%

Não. - 0%

4. REPLICABILIDADE & CRESCIMENTO: Avalie a escalabilidade da iniciativa. Ela tem potencial de ser replicada em outros contextos sociais, culturais e/ou geográficos?

Com toda certeza. - 27.3%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 36.4%

De forma parcial. - 27.3%

Insuficiente. - 9.1%

Não. - 0%

5. AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO: Uma/um agente de transformação social é alguém que se propõem a lidar e encontrar soluções coletivas para o bem de uma comunidade, um grupo, uma localidade. Queremos saber: essa iniciativa ajuda a inspirar e apoiar outras pessoas a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades?

Com toda certeza. - 54.5%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 27.3%

De forma parcial. - 18.2%

Insuficiente. - 0%

Não. - 0%

6. DIVERSIDADE: Esta iniciativa demonstra a inclusão de públicos diversos em sua iniciativa, seja nos parceiros com os quais colabora e/ou na composição de sua equipe?

Com toda certeza. - 54.5%

Sim, a iniciativa demonstra potencial. - 0%

De forma parcial. - 18.2%

Insuficiente. - 27.3%

Não. - 0%

7. AVALIAÇÃO GERAL: De forma geral, você considera que esta iniciativa deve avançar para a próxima fase do Desafio e se tornar um semifinalista?

Sim, com toda a certeza! - 36.4%

Sim, acredito que sim. - 18.2%

Talvez. - 27.3%

Provavelmente não. - 18.2%

Não. - 0%

12 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Contraponto Espaço Educacional
Team

Parabéns pela iniciativa! Que a evolução seja constante e que venham muitas conquistas! Depois da uma passadinha aqui https://network.changemakers.com/challenge/turismosustentavel/avaliacao-i/projeto-contraponto-turismo-sustentavel-pedagogico-e-de-base-comunitaria-na-comunidade-rural-de-extrema-congonhas-do-norte-mg para conferir nosso projeto também! Valeu! Sucesso pra vcs!

Spam
Photo of Rancho Ideias!
Team

Prezado Douglas,

Parabéns pela iniciativa! É essencial que os passeios guiados pelas comunidades sejam geridos e protagonizados pelos próprios comunitários. Isso é parte de uma grande transformação social que envolve a elaboração de novas narrativas e contra narrativas que dão o verdadeiro valor para os territórios que muitas vezes são estereotipados pela grande mídia, pelo "discurso oficial". Iniciativas que trazem o olhar de dentro para fora, que busca se comunicar de forma mais próxima dos turistas geram um novo tipo de turismo, um turismo de experiência, sustentável, comunitário e afetivo. É essencial projetos como esse, principalmente quando pensamos em contraposição ao que vem sendo naturalizado como turismo nas favelas, pacotes internacionais caríssimos para visitas de jipe, tipo safari. Parabéns mais uma vez e vida longa ao projeto!

Spam
Photo of Kelly Tavares
Team

Fazem toda a diferença. São modelo de gestão cultural comunitária transformadora e efetiva ! Parceiros de longa data dentro do turismo cultural de favela só enriquecem o patrimônio da cidade! Vida longa ao projeto. O legado ta deixado, vamos divulgar e visitar.

Spam
Photo of Thiago Mourão
Team

Projeto super interessante que ajuda a desmistificar as favelas do Rio. Tem muuuuita coisa legal pra ensinar ;)

Spam
Photo of Felipe Romeiro
Team

Sou guia de turismo e afirmo que é um dos meus lugares favoritos para levar turistas, no Rio de Janeiro.

Spam
Photo of Otto
Team

Visito esta comunidade ha 5 anos com turistas. É realmente um dos grandes atrativos de turismo em Rio de Janeiro. Uma arte que saiu de um sonho de adolescentes.

Spam
Photo of Marcia Alves
Team

Demonstra que podemos fazer muito coisa se tivermos, coragem, iniciativa e criatividade.

Spam
Photo of Sergio Franco
Team

Este é um exemplo de como fazer muito com tão pouco. Incrível iniciativa. Parabéns.

Spam
Photo of Gisele Antunes Lima Assumpção
Team

Great Iniciative. Congrats for all.

Spam
Photo of Aline de Oliveira
Team

Além de uma ferramenta interessante para o turismo sustentável, que desmistifica e aproxima a comunidade de pessoas diversas, abrindo portas para outras iniciativas, trata-se de um projeto com forte componente de educação, aproximando os moradores e seus filhos da arte, com inúmeros benefícios comprovados. Parabéns pela linda iniciativa! ❤️

Spam
Photo of Daniela Meres
Team

Experiência incrível na cidade do Río de Janeiro.
A historia do projeto é inspiradora. A mudança que trouxe para a comunidade, o engajamento dos moradores locais, a busca por novas oportunidades, o esforço de fazer isso acontecer em um contexto muito desafiador ... é admirável e por isso tudo, que como experiência de turismo, é muito transformador.

Spam
Photo of Marcio Macedo
Team

Pessoal, vocês são uma inspiração !!! Tenho muita admiração pelo trabalho de vocês e orgulho em ser um parceiro.
Desejo poder levar grupos à vocês através do projeto "Rio mais feliz" inscrito aqui neste edital.
Sucesso agora e sempre !!! Um grande abraço !!!