ARTESÃOS DA ESTRADA Teresópolis-Friburgo/RJ

artesãos da região unidos expondo peças autorais com perfil sustentável

Photo of Monica Engelbrecht Deluqui
0 2

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

MONICA ENGELBRECHT DELUQUI

E-mail

MONICAENGEL@UOL.COM.BR

Telefone pessoal

21988835127

Nacionalidade

BRASILEIRA

Gênero

  • Feminino

Data de Nascimento

8011959

CPF (do responsável pelo projeto)

065848638-16

Sede da organização (UF)

  • Rio de Janeiro

CNPJ da organização (a qual o projeto está ligado)

23660093/0001-86

Site da organização

www.vemdaserra.com.br em final de migração para plataforma nova e de ajustes

Mídias sociais da organização

face: - artesãos da estrada - vemdaserra - fatorbrasis insta: - artesãos da estrada - demais iniciando

Data em que você iniciou o projeto

janeiro/ 2019

Estágio do projeto

  • Estabelecido (passou com sucesso pelas fases iniciais, tem um plano para o futuro)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

- quando trabalhava na escola de vídeo, tive o momento da relevação da importancia da cultura na minha vida, quando assisti a 43 vídeos feitos por alunos, em vários estados brasileiros, com temáticas culturais ...passei a tarde chorando de emoção e entendi que queria trabalhar com a CULTURA - minha monografia no MBE DE RESPONSABILIDADE SOCIAL que fiz na UFRJ em 2004 foi CULTURA COMO GERAÇÃO DE RENDA, CULTURA e DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL - ao me aposentar em 2017, me perguntei, como trabalhar com a CULTURA, morando aqui em Teresópolis (meu marido já tinha a loja de decoração e mobiliário a partir de ferro, madeira e Ecomarmore -massa marmórea criada a partir de saco de cimento triturado- na beira da Estrada Tere-Fri e os guias turísticos ja paravam la´com turistas - iniciei então o Fator Brasis Teresópolis que é a criação de peças artesanais a partir do estudo da história e cultura local - descobri que a cidade tinha mais de 400 artesãos e comecei a chama-los para expor na loja

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

É muito difícil assistir o quanto as pessoas desprezam o lugar, a história e a cultura de onde vivem...é como se não pertencessem ao lugar, como se não se importassem com ele, com as pessoas e com cuidar do lugar, com construir sempre um lugar melhor

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

(1) artesãos e artistas da região: . com trabalho autoral diferenciado podendo expor e vender seus trabalhos . criando peças a partir da reciclagem, reutilização de material . criando peças, ora rústicas ora a partir de designers, de artes inspiradas na valorização da história e cultura local (2) oficinas para capacitar artesãos e artistas interessados em: . criar peças a partir do estudo da história e cultura do lugar . criar peças autorais e diferenciadas a partir da reciclagem de materiais . criar lembranças e suvenires diferenciados de Tere (3) turistas visitando o ambiente da loja: . com mini-oficinas destes artesãos ocorrendo ali....e eles podendo participar e fazer uma peça que irão levar consigo . sendo desafiados a colocar os nomes dos picos da Serra de Teresópolis em painel com uma paisagem com vários dos picos . tomando cafés e croissants com geleia ou queijos, ao lado de bonecos híbridos de Teresa Cristina, de Dom Pedro II . posando para fotos em painel EU AMO TERE....de 6,7m de largura x 1,80 de altura . podendo folhear e comprar livros de autores de Teresópolis ou que falem da região serrana do Rio . podendo ter acesso às monografias e teses defendidas nas universidades locais, sobre Teresópolis (parceria com UERJ Teresópolis) . podendo curtir na vitrine um quadro em feltragem de 2m por 1 com a cena de Ceci e Peri, na cachoeira, no Parnaso (o Guarani de José de Alencar) ......

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

o video da pergunta 4 está aqui: https://www.facebook.com/monicaengelbrecht.deluqui/videos/3168083589940207...não esta entrando criar pertencimento a partir da cultura, incentivar a valorização do que é histórico, do que é expressivo, do que é local, através da arte e artesanato....é transformar como as pessoas percebem seu território, é gerar mais renda e também, criar um sentimento de "participação e compartilhamento" naquele que adquiriu as peças

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

.localizar artesãos com diferenciais, conversar, trocar ideias, chamar para participar da loja . estudar e desenhar artes e padrões para as linhas de arte e artesanato que u mesma crio , depois passar meus rabiscos para designers me ajudarem a transformar numa arte "bela"; comprar materiais para testes, realizar testes, aprovar peças , encontrar fornecedores com bom custo-beneficio, colocar na loja, divulgar e vender . atender aos guias, sempre com hora marcada para que tenhamos a quantidade de pessoas para o atendimento adequado. abrimos a qualquer hora para eles. muitas vezes preparamos bolo e café para recepciona-los . estudar na loja os melhores lugares para as peças de cada artesão, colocar seus nomes, colocar os resumos de de suas histórias ao lado das peças . participar das reuniões do grupo de revitalização do turismo na estrada e outras reuniões do Sebrae, Prefeitura, Convention Bureau de Turismo Local . fotos das peças para divulgação online . reuniões com artesaos

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

A inovação é estudar a cultura local para criar peças artisticas e artesanais, visando: . a valorização da história e cultura local . o aumento do sentimento de pertencimento entre os envolvidos . a geração de renda e a capacitação entre artistas e artesãos interessados . em ultima analise, desenvolvendo o território a partir da cultura O que sempre vemos são lojas de arte e artesanato com peças que vem de fora ou feirinhas de artesanato com a maioria dos estandes imitando o que já existe nas outras feirinhas ou o que já existe na internet. Peças sem autoria, sem assinatura e sem graça.... e sem identidade. E quando eu estava estudando "Cultura e desenvolvimento de território".....explorei tanto o assunto que cheguei até a criar um método participativo e perceptivo para a identificação dos valores culturais de um território. Ele levanta 4 redes de informação através da participação das pessoas da cidade interessadas em construir um registro (Histórica e Econômica // Patrimonial, Folclórica e Artística //Natural e Ambiental// Produtiva regional e sustentável ) Assim, hoje, utilizo este meu método para promover o estudo da história e cultura de um território, sendo mesmo super fácil replicá-lo para artesãos e artistas interessados. Durante anos o Sebrae tentou criar oficinas para que os artesãos aumentem sua criatividade, consigam expressar mais a identidade do local nas peças, mas apenas em poucos lugares, conseguiram sucesso.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Cultural - iniciativas que valorizem as identidades e culturas locais, a preservação das histórias e os saberes tradicionais.  
  • Ambiental - iniciativas que reduzam o impacto ambiental, que ofereçam soluções de compensação, que cuidem da conservação e do uso de recursos naturais, que se proponham a regenerar áreas degradadas e que promovam educação e sensibilização ambiental.     
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

o ARTESÃOS DA ESTRADA é um atrativo turístico que tem respeito aos princípios da sustentabilidade: - social = trabalhando diretamente o sentimento de pertencimento das artesãs e artistas na particpação da loja e nas oficinas e envolvendo os parceiros da estrada turística na valorização da cultura e do território, pelas experiencias que tem na loja, falas dos clientes e influencia na comunidade do entorno - cultural= valorização da cultura como eixo de desenvolvimento do territorio em todos os aspectos da loja e das vivencias que ela proporciona (faça seu artesanato em forma do pico DEDO DE DEUS, conheça as orquideas da região ns nossas canecas, leve luminárias com as formas da Mulher de Pedra, leve souvenires de nossos santos padroeiros, eetc) - ambiental= incentivamos artistas que trabalhem a partir da reutilização e reuso de materiais (hoje temos; reuso de garrafas, cds, peças de automovel e ferro velho// e reciclagem de papel e de saco de cimento) - economico- geramos renda, oportunizamos artesãos e artiostas a gerarem renda e estamos organizando as oficinas para que mais artesãos e artistas criem diferenciais, autoria e força histórica e cultural em suas peças - pretendemos encontrar parceiros para reformar a loja de modo a sua construção ter apelo sustentável (reuso das aguas da chuva; melhor aproveitamento da luz natural; placas para energia eletrica, etc)

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

Interno: o conceito que era um teste, provou-se um sucesso. Portanto, se não tivesse a pandemia estariamos "surfando nas melhorias das conquistas". Entretanto, estamos parados e aprendendo a vender virtualmente. Externo: antes da pandemia . somos 15 artesãos no coletivo e temos peças de 24 artesãos. Juntos: . Tivemos 18 matérias publicadas em mídias digitais do Estado . 4 matérias em jornais locais e 1 em rádio . 4 vídeo-reportagens produzidos pelas tvs locais . 600 segundos de intertv . 3 fliers de divulgação . 1 exposição em Nova Friburgo . 24 participações em feiras e eventos em Teresópolis . 52 visitas de grupos de turistas na loja - fomos incluídos nos roteiros turísticos de 7 guias de Tere, 4 de Niterói e 9 do Rio. . 18 visitas de personalidades públicas da regiao . 300 postagens no Facebook, curtindo- mais de 503/ seguindo - 517 . mais de 200 postagens no Instagram , seguidores 616/seguindo 575 . 10 participações em cursos, projetos e encontros na região serrana com foco no desenvolvimento empreendedor/turístico/territorial Vendas: . 750 peças vendidas

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

Projeto VEM DA SERRA/ARTESÃOS DA ESTRADA criando um ESPAÇO DE ENCANTAMENTO - pré- condição - Totem EU AMO TERE de 7 metros de largura para as pessoas se fotografarem lá - Displays Expositores fixos, móveis, estantes e exposições e mesa para oficinas de artesanato - Deck para leitura em mesa, café e bar - Jardinagem - Iluminação especial da loja, deck, displays e totem Ainda: - Breve estudo de re-harmonização do espaço - ser PONTO DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA para quem entra em Terê, via NF - Aprimorar a gestão informatizada...obsoleta Projeto ARTESÃOS DA ESTRADA AMAM LER - Livros de/sobre Teresópolis A.. FAZEM ARTESANATO COM VOCÊ – Mini-ações artesanais para fazer com quem chega na loja Assim como, oficinas, exposições, ações voltadas para doação de % da venda.....

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

estamos atuando em parceria com: - equipamentos e atrativos da estrada turística tere-fri ( fortalecimento mutuo pela indicação) - com a Prefeitura, Secretaria de Turismo e Cultura que tem um prefeito que fez mestrado em turismo e tem negócios de sucesso na cidade 9revitalização da tere-Fri- estrada e sinalização) - com o Convention (parceria com atores sociais ligados ao turismo, ultima ação- rodada de negócios entre nós) - com Sebrae (projeto Investe turismo// lives otimas//oficinas pontuais expressivas) - com a universidade UERJ (captação de recursos para o turismo da tere-fri)

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Somos novos, os guias de turismo nos indicaram para outros guias e assim fomos sendo conhecidos e respeitados na cidade e até me tornaram "liderança local". Temos depoimento de parceiros da Universidade UERJ- CAroline CAmpos e de Juliana Rocha do Convention. Caroline Campos - "...acho q houve bastante impacto positivo sim, na valorização do trabalho artesanal e da produção local, como modelo de espaço colaborativo e economia solidária, como forma de desenvolvimento econômico e turístico local, e como ponto articulador local, principalmente por suas iniciativas, participações e contribuições, seja dividindo sua experiência ou somando aos demais produtores locais " Juliana - "...com a loja do coletivo tanto moradores quanto turistas ganharam mais um atrativo com peças lindas, além de ser um Ponto de informações e apoio na estrada tere-Fri. Lá contamos uma historia e mostramos a importância da sustentabilidade, das parcerias e do turismo local de uma forma mais bela e artística".

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Vendas
  • Mentores / conselheiros
  • Participação em programas de incubação e aceleração

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

Com as receitas das vendas. Conseguimos um pequenino emprestimo da AGERIO (periodo pandemia) e estamos investindo numa reforma para pintar e encantar. Vivemos, com: 20%- investimento dos diretores 50%- serviços do VEM DA SERRA 30% venda de artes e artesanato

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento entre R$1.000 e R$10.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • acima de R$ 100.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

Direção dos Artesãos e - Monica - eu Direção do Vem a Serra - Alex toscano Um funcionário para cada diretor. Todos período integral E mais 1 pessoas treinada para se juntar quando necessário. Além dos artesãos que podem cumprir escala de plantaõ e estar presentes em dias de guias de turismo. Para um planejamento futuro, mais 1 funcionário fixo por diretor.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

funcionários são irmãos, rapaz de 25 anos e moça de 20. Ambos tem ensino médio completo e são de família de baixa renda. São simples. Ele mora com a mãe e é um assistente de marcenaria excepcional. . Ela é casada. Brancos. Ela é muito boa vendedora e está para iniciar faculdade de letras.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Comunidade rural
  • comunidade de artesãs do município . foram cadastradas mais de 500 artesãs na prefeitura em 2020

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

Artesãs - para colocarem peças e se capacitarem Rural- porque estamos no meio rural e temos oficinas planejadas para artesãos rurais também.

16) Como você soube desse desafio?

  • amiga artesã

Find this idea inspiring? Add your own!

0 comments

Join the conversation:

Comment