Ilha Paraíso e o turismo sustentável na cidade de Ilha Solteira.

Fomentação do turismo na cidade de Ilha Solteira com adaptações na fazenda Ilha Paraíso do Sol e práticas de turismo sustentável e inclusão.

Photo of Diego
3 10

Written by

Nome completo do(a) representante do projeto

Diego Rassano

E-mail

diegorassano@hotmail.com

Nacionalidade

Brasileiro

Gênero

  • Masculino

Data de Nascimento

17031992

Sede da organização (UF)

  • São Paulo

Mídias sociais da organização

instagram.com/ilha_paraiso_do_sol/ facebook.com/ilhaparaisodosol

Data em que você iniciou o projeto

06/2016

Estágio do projeto

  • Em crescimento (passaram das primeiras atividades; trabalhando para o próximo nível de expansão)

Elegibilidade I: Você atende a todos os critérios de elegibilidade?

  • Sim, eu tenho mais de 18 anos de idade.
  • Sou brasileira/o ou estrangeira/o residente no Brasil.
  • Tenho atuação direta e comprovada no projeto.
  • Não sou funcionário nem familiar de funcionários da Ashoka e da CTG Brasil.

Elegibilidade II: O projeto inscrito:

  • É um projeto já implementado e posso comprovar nas respostas, fotos e documentações a serem apresentadas nesta inscrição..
  • É um projeto que tem como foco pelo menos dois (2) dos quatro (4) pilares do turismo sustentável (social, cultural, ambiental e econômico) descritos na seção "Escopo e áreas de foco".

Ao se inscrever, você concorda que possamos apresentar seu trabalho nas mídias sociais e outras publicações da Ashoka e CTG Brasil, relacionadas ao Desafio?

  • Sim, eu concordo.

1) Viagem pessoal: qual a história por trás da decisão em iniciar este projeto?

A região de Ilha Solteira possui belezas naturais com muito potencial turístico que poderiam ser melhor divulgadas. Esse foi o sentimento que cresceu durante anos atuando na cidade como produtor de eventos. Em 2016 conheci a Ilha Paraíso no momento em que buscava um lugar com beleza incomparável. Naquele momento a ilha já possuía uma estrutura voltada para o turismo, mas a frequência de visitantes era bem abaixo do esperado e não haviam adaptações sustentáveis. Estabelecendo-se então uma parceria com o dono do local, foi possível a realização de modificações na ilha ao longo dos anos, que a melhor preparassem para o turismo receptivo e diminuíssem seu dano ao meio ambiente. O próximo passo é incluir a participação de mais grupos da cidade criando uma grande cadeia entre a fazenda e a sociedade de Ilha Solteira.

2) O problema: que problema você está ajudando a resolver?

Existe uma imensa lacuna entre as belezas naturais de Ilha Solteira e o turismo. A cidade carece de investimentos e divulgação, tanto do setor público quanto do privado. As entidades públicas e instituições de ensino não atuam em conjunto para explorar todo potencial que a região tem e muitas possibilidades são perdidas em uma cidade que tem o título de Estância Turística.

3) Sua solução: como seu projeto responde a esse problema? Compartilhe sua abordagem específica.

Criando uma grande cadeia de contribuição entre o ponto turístico e a sociedade de Ilha Solteira, agregando o trabalho e pesquisa de entidades públicas, instituições de ensino e microempreendedores do turismo na cidade às transformações realizadas na fazenda para melhor atender a todos com o menor impacto possível ao meio ambiente.

4) Que tal incluir um vídeo sobre sua iniciativa?

O mundo mudou e com ele são necessárias novas formas de abranger a presença humana. Já que ela é inevitável, devemos nos preocupar então em tirar o máximo proveito com o mínimo de dano possível em qualquer atividade voltada para o ramo. Esse projeto além de incentivar o turismo numa região que carece disso, também vislumbra envolver diversos indivíduos em uma grande onda de transformação e benefícios para a sociedade de Ilha Solteira e o meio ambiente.

5) Atividades: Destaque as principais atividades que você realiza no dia-a- dia do seu projeto.

Movimentação de redes sociais divulgando o ponto turístico e adequações físicas do local para melhor atender os turistas e preservar o meio ambiente.

6) Inovação: Qual inovação sua iniciativa está desenvolvendo ou adaptando para solucionar problemas na área do turismo? Como se diferencia de outras iniciativas no setor?

As transformações na Ilha Paraíso para torná-la um local de turismo sustentável são inovadoras na região de Ilha Solteira, que carece de investimentos particulares e públicos na expensão do setor de turismo ecológico. As conexões com as instituições de ensino e secretarias públicas criaria um laço entre a sociedade e o ponto turístico que ainda não existe em nenhum lugar da região.

7) a) Pilares do Turismo sustentável: Quais dos seguintes pilares do Turismo Sustentável o seu projeto contempla?

  • Social - iniciativas que melhorem a qualidade de vida das comunidades envolvidas, que sejam capazes de contribuir em aspectos da educação, saúde, articulação social, diversidade e atuação das comunidades.  
  • Cultural - iniciativas que valorizem as identidades e culturas locais, a preservação das histórias e os saberes tradicionais.  
  • Ambiental - iniciativas que reduzam o impacto ambiental, que ofereçam soluções de compensação, que cuidem da conservação e do uso de recursos naturais, que se proponham a regenerar áreas degradadas e que promovam educação e sensibilização ambiental.     
  • Econômico - iniciativas que atuem a partir da proposta de desenvolvimento local, que gerem emprego e renda localmente, que valorizem fornecedores locais, que construam parcerias e que fortaleçam redes de produção e serviços junto a outros agentes locais.  

7) b) Pilares do Turismo Sustentável: explique como os pilares que sinalizou na pergunta anterior estão presentes na implementação do seu projeto.

Social - o projeto envolve diversos grupos de indivíduos da cidade, tais como uma agência de turismo recém fundada que recebe incentivo para divulgar as trilhas da região, uma cooperativa de lixo que recebe doado todo lixo gerado pelo turismo na Ilha Paraíso, pescadores ribeirinhos que tem acesso livre a fazenda para trabalharem. Ambiental e Cultural - as adaptações na fazenda Ilha Paraíso auxiliam a diminuir o impacto ambiental causado pelo turismo com obras que respeitam a legislação e a ajudam na preservação do meio ambiente, além de preservar espécies de plantas e animais típicos da região que estão presentes na fazenda. Econômico - movimentando e aquecendo o turismo na região, trazendo viajantes que consomem no comércio de Ilha Solteira e utilizando de prestadores de serviço da cidade para as transformações necessárias na fazenda.

8) Impacto: quais impactos seu projeto causou até agora? Considere impactos internos na estabilidade da sua organização e externos em relação ao pilares do turismo sustentável, utilize dados

No ano de 2016 do início do projeto, a fazenda contava com 3 benfeitorias estruturais para atender ao público. Não existia divulgação através de mídias sociais e a frequência de visitação era baixa, onde podia-se observar que mesmo na própria região da Ilha Paraíso muitos moradores não sabiam da sua existência. Hoje, a fazenda já conta com 5 chalés para locação e diversas melhorias voltadas para o setor do turismo: caixa d'água vertical, poço artesiano, alvará de funcionamento, área de camping e conveniência. As mídias sociais são movimentadas frequentemente obtendo um bom resultado de seguidores. A taxa de visitantes subiu mais de 300% no período, contando com vários finais de semana com lotação máxima no período anterior a pandemia. Foi possível também causar impacto já na sociedade de Ilha Solteira, com o fechamento de uma parceria entra a fazenda e a cooperativa de reciclagem de lixo, que são responsáveis por coletar todo lixo da fazenda e reciclar por completo.

9) Estratégias de crescimento: Quais são seus planos para fomentar o crescimento de sua iniciativa?

O plano é aumentar a presença da sociedade de Ilha Solteira na fazenda, abrindo espaço para instituições e órgãos públicos promoverem visitas e pesquisas que beneficiem ambos os lados, tanto a ilha quanto os envolvidos. Um bom exemplo disso é a intenção de encontrar estudantes do curso de Biologia da unidade da UNESP presente na cidade para desenvolverem pesquisas na fazenda, propondo melhorias ambientais e podendo utilizar dos ambientes como o rio e a horta para seus estudos. Além disso, continuar com os trabalhos de divulgação através de redes sociais e parceiros da área de turismo da cidade para intensivar cada vez mais o número de visitas.

10) Colaboração: como a sua iniciativa colabora com outros atores (governos, universidades, empresas, associações da sociedade civil) para fazer a diferença? Você realiza alguma parceria?

O passo que gostaríamos de dar no projeto nesse momento é firmar uma parceria entre a prefeitura de Ilha Solteira e a fazenda, onde aos finais de semana a prefeitura leve turmas de estudantes do ensino público para visitações gratuitas ao local. Almeja-se também firmar uma parceira com a unidade da UNESP da cidade, encontrando estudantes interessados a desenvolverem projetos de pesquisa na Ilha Paraíso, que venham a propor melhorias ambientais e contribuir como monitores nessas visitas de alunos. Com o incentivo financeiro da premiação poderíamos por exemplo financiar bolsas para esses estudantes, sobretudo dos cursos de Biologia e Zootecnia da Unesp, além do curso de Turismo Receptivo da FATEC do município.

11) Inspirar novos agentes de transformação: você tem influenciado outras organizações e pessoas a se envolverem no seu projeto e/ou a se preocuparem com o Turismo Sustentável? Se sim, como?

Sim. Ao longo do projeto viemos a incluir uma microempreendedora da cidade chamada Bruna. Ela é recém formada em Turismo e acredita muito no potencial de turismo ecológico da cidade. Sua agência, chamada de Soul Happy, tem uma iniciativa inovadora de fomentar o turismo na região, aliada a força jovem e revolucionária da nossa geração que muito se preocupa com o meio ambiente. A Soul Happy acredita em Ilha Solteira e precisa de apoio pra conseguir crescer e divulgar as belezas da região.

12) a)Quais dos seguintes recursos sua organização obteve até o momento?

  • Suporte de amigos
  • Apoio da família
  • Investimentos próprios.

12) b) Planejamento Financeiro: como você planeja financiar o seu projeto a curto, médio e longo prazo?

Ao longo desse projeto, 100% do dinheiro utilizado é oriundo do turismo já presente na fazenda.

12) c) Quanto você já investiu no seu projeto para a operação deste ano?

  • Investimento entre R$50.000 e R$100.000

12) d) Qual é o orçamento necessário para o funcionamento do seu projeto durante 1 ano?

  • acima de R$ 50.000

13) Equipe: qual é a atual composição da sua equipe (papéis, qualificação, tempo integral x temporários, etc)? Como essa composição se transformará no futuro do seu projeto?

Hoje, a equipe que movimenta o turismo na Ilha Paraíso é composta basicamente por três pessoas: Diego Rassano: que tem a função de encontrar parcerias, propor inovações e movimentar ideias que venham a crescer o projeto; Bruna Novais - Dona da Soul Happy, procura incentivar o turismo em toda região movimentando passeios e trilhas da região não só da Ilha Paraíso mas de toda Ilha Solteira. Edilson Gomes - Dono da fazenda e responsável por tudo que é feito fisicamente na ilha. Todos trabalham no projeto em período intermitente, sem remuneração, apenas confiando em seu futuro sucesso.

14) Diversidade na equipe: descreva a diversidade de sua equipe e inclua informações sobre a distribuição de cargos.

A equipe é comporta por um jovem branco oriundo da classe C recém formado em engenharia em uma universidade pública. Uma jovem negra recém formada em Turismo também em universidade pública e oriunda da classe C. E um senhor branco sem formação acadêmica que foi produtor rural a vida toda. Não há hierarquia na equipe e todos atuam de forma horizontal tentando agregar o máximo ao projeto.

15) a) Diversidade do público de sua iniciativa: o seu projeto tem como foco específico algum dos seguintes grupos?

  • Comunidade de pessoas com deficiência
  • Comunidade de baixa renda

15) b) Diversidade de público da iniciativa: Dê exemplos reais de como o seu projeto está conseguindo impactar todos os grupos que você indicou na pergunta anterior.

As adaptações na fazenda favorecerão todos tipos de turistas, em especial os com necessidades especiais de deslocamento que ainda precisam de algumas mudanças para terem uma melhor experiência de visita. As comunidades de baixa renda também serão favorecidas com a parceria proposta com a prefeitura municipal que liberará visitas gratuitas dessas pessoas no local turístico.

16) Como você soube desse desafio?

  • Recomendado por outras pessoas

Attachments (1)

received_1747621475386210.jpeg

Equipe Ilha Paraíso.

3 comments

Join the conversation:

Comment
Spam
Photo of Eduardo Passos
Team

Oi, Diego! Gostamos muito de seu projeto e do caráter desbravador de novos caminhos do turismo comunitário. Aproveito para convida-lo a conhecer e avaliar nosso projeto. Parabéns pela iniciativa!

View all comments